Publicidade
14/12/2017
Login
Entrar

Economia

Aporte em infraestrutura alavancará o consumo de aço

Investimentos se consolidarão com um ambiente político estável
A demanda per capita de aço no Brasil gira em torno de 86 quilos, enquanto na China e no Japão ela passa da marca de 500 quilos/Divulgação
Com o olhar voltado para o futuro, a Nippon Steel & Sumitomo Metal (NSSMC) aposta no crescimento do consumo de aço no País nos próximos anos. Porém, os investimentos em infraestrutura e a chegada do capital estrangeiro que dará sustentação a esses aportes só se consolidarão se o Brasil tiver um ambiente político estável e uma Justiça mais célere. A análise foi feita pelo diretor para as Américas da NSSMC, Kazuhiro Egawa. Para o diretor da NSSMC, a projeção de crescimento do consumo doméstico de aço se apoia em dois fatores. Um deles é o crescimento populacional no Brasil e o outro é que o consumo de aço por habitante no País ainda é muito pequeno.
Publicidade

Indicadores

IBOVESPA

+1.39%

73.813 pts

Dow Jones

+0.58%

24.538 pts

Nasdaq

-0.09%

6.391 pts

S&P 500

+0.23%

2.666 pts

Dólar

R$3,33

Euro

R$3,88

Libra

R$4,43

Iene

R$0,03

IPCA IBGE

0,42%

IPCA IPEAD

0,13%

IGP-M

0,52%

Fechamento do dia 12 de dezembro de 2017. Cotações de venda das moedas.

Espaço de Entidades e Associações

DCMais

ONU alerta que nível de CO2 no ar é o pior em 800 mil anos

“Ainda não estamos ganhando a guerra contra a mudança climática,...

Curtas DC Mais 14/12

Prêmio de Jornalismo Estão abertas até 31 de janeiro de 2018 as...

Agenda Cultural 14/12

Mágica para adultos Espetáculo - “Em Cena”, com Luiz Fosc e...

 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.