Publicidade
24/11/2017
Login
Entrar

Agronegócio

Email
A-   A+

Feijão: cotação em alta no mercado

Empacotadores, após pequeno recuo, voltaram com força para repor estoques O mercado de feijão carioca encerrou a primeira semana de julho com o tipo extra novo cotado a R$ 91,00 na bolsinha, com valorização de 9%emrelação ao fechamento da última semana de junho. Isso pode ser explicado pelo comportamento tanto da oferta quanto da demanda. Os empacotadores, depois de um arrefecimento das aquisições no final de junho, voltaram com mais força para repor estoques. De acordo...
08/07/2007
Escassez de oferta eleva preço do frango
  Operadores nos mercados de São Paulo e Minas com semana de bons resultados Operadores de frango nos mercados de São Paulo e Minas Gerais tiveram uma semana de bons resultados,...
08/07/2007
Milho: preços acomodados
O mercado brasileiro de milho teve uma semana de acomodação dos preços com a baixa na Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT), a entrada da safrinha e a estagnação do dólar. Com isso, regiões...
08/07/2007
Negócios com o boi gordo
O mercado brasileiro de boi gordo fechou a primeira semana de julho com bom volume de negócios. O preço de R$ 60/61,00 arroba praticado desde a abertura do mês fez com que os pecuaristas...
08/07/2007
Suinocultura estabilizada
A primeira semana de julho foi de volume de negócios moderados e de preços estáveis a mais fracos para o suíno no mercado brasileiro. Em São Paulo, a arroba do suíno foi cotada a R$ 33,50...
08/07/2007
Trigos: negócios são pontuais
O mercado brasileiro de trigo não apresentou grandes alterações na dinâmica da comercialização nesta primeira semana do mês de julho. Os preços seguem firmes, porém, os negócios são...
08/07/2007
Algodão tem crescimento
O mercado brasileiro de algodão empluma tevemais uma semana calma nas principais praças de comercialização do país. De acordo com o analista de Safras & Mercado, Miguel Biegai, foram...
08/07/2007
Exportações do agronegócio chegam a US$ 26,752 bi
O agronegócio brasileiro totalizou exportações de US$ 26,752 bilhões no primeiro semestre, 25,3% a mais do que no mesmo período de 2006. Até junho, as importações, em relação a igual...
08/07/2007
Faemg recomenda investimento no setor leiteiro
Atual quadro de oferta reduzida e demanda crescente poderá ser agravado, com reflexos no abastecimento interno O pecuarista de leite precisa ser estimulado a investir na atividade, caso...
08/07/2007
UFV desenvolve equipamento de secagem de café
Protótipo da universidade mineira é destinado para cafeicultores que possuem lavoura com até 40 mil pés do grão MAÍRA VASCONCELOS O equipamento de présecagem e...
15/06/2007
Salário afeta rentabilidade da pecuária
O reajuste do salário mínimo elevou para 30,4% o peso da mão-de-obra nos custos da pecuária em dez estados, incluindo Minas Gerais, durante abril. Os dados foram levantados por pesquisa...
15/06/2007
Licença ambiental é problema
Para dar fim à morosidade gerada pelo processo de liberação da licença ambiental, que representa o principal entrave à disseminação do Programa de Integração Lavoura-Pecuária e...
05/06/2007
Fruta segura preços na Ceasa Minas
A comercialização de frutas foi o destaque na redução do preço médio dos hortifrutigranjeiros na Centrais de Abastecimento de Minas Gerais (Ceasa Minas), no entreposto de Contagem (Região...
05/06/2007
Pronaf deve reduzir juros
Para o plano de safra 2007/2008 estão previstas uma série de modificações no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), como a redução da taxa de juros em todos os...
05/06/2007
Suinocultor aposta na retomada do mercado
Após o Estado de Santa Catarina ter alcançado o status máximo da sanidade animal, sendo considerado área livre de febre aftosa sem vacinação, o mercado brasileiro de carne suína começa a...

páginas PrimeiraAnterior1088108910901091109210931094SeguinteÚltimaDe 16380 até 16395 de 16406 registros
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.