Publicidade

DMEP - Cegueira das Organizações

Email
A-   A+

A dinâmica do ambiente competitivo e a inércia da alta gestão: um risco real à lucratividade

A lucratividade em um negócio depende do efeito combinado entre a competitividade da empresa e a atratividade do setor em que esta atua. Em princípio esta afirmação nos parece óbvia, mas o que dizer a respeito dos efeitos do tempo nessas duas dimensões? A cegueira envolvida nessa situação diz respeito à inércia da alta direção de uma empresa frente às mudanças no ambiente competitivo (dentro e...

12/04/2016

Políticas de canais e acesso ao mercado

Nos momentos de crise é essencial vender produtos e serviços de forma inteligente. Os esforços de aproximação ao mercado devem ser bem calculados e otimizados. Em...

06/04/2016

A estratégia de canais de vendas diante da nova geração de consumidores

Atender a nova geração de consumidores tem se mostrado um grande desafio para as empresas. Os canais de vendas tradicionais mostram-se pouco atraentes e muitas vezes não...

29/03/2016

Cooperação nos negócios: instrumento para fortalecimento das organizações e geração de resultados

Este artigo tem o propósito de abordar o tema cooperação como mecanismo de proteção, fortalecimento e crescimento das organizações, especialmente em...

22/03/2016

Oportunidades de negócio

O que precisamos reconhecer para nos convencermos de que o que temos à nossa frente é realmente uma oportunidade de negócio interessante, e não apenas mais uma ideia sem...

15/03/2016

Não é o fim do Brasil II: oportunidades de transformação

Em alinhamento à primeira parte deste artigo, acredito que não é o fim do Brasil, o importante é como reagir à crise. Temos a quinta maior...

08/03/2016

Manual de sobrevivência (parte III): "descendo morro abaixo" ou embalando para a "subida morro acima"?

A crise está aí! E não vai ser ligeira. As vendas despencaram! E elas não ressurgirão por “geração espontânea”. Os resultados...

01/03/2016

A velocidade e o timing? qual a diferença desses conceitos na prática organizacional?

Num ambiente de extrema complexidade como o atualmente presente no Brasil, há uma confusão natural entre velocidade e timing. Como distinguir esses dois conceitos? Esta cegueira,...

23/02/2016

A crise e o posicionamento dos negócios

A crise exige que os novos negócios tenham um excelente posicionamento e conceito. Apesar da afirmação anterior ser um pouco óbvia, a questão remanescente...

16/02/2016

Gestão da cadeia de suprimentos: oportunidade para melhoria dos resultados em tempos de crise

Todas as missões das empresas de alguma forma passam pela seguinte questão: como atender melhor o cliente a partir da venda de produtos e serviços que satisfaçam alguma...

02/02/2016

Manual de sobrevivência (parte II): quando o básico é mais que necessário

A crise está aí! E não vai ser ligeira.   As vendas despencaram! E elas não ressurgirão por “geração espontânea”....

26/01/2016

Sistema gerencial em momentos de crise: a simplicidade enfrenta a complexidade

Então você se encontra em um ambiente de crise econômica e política sem precedentes e como gestor deve atuar para garantir a sobrevivência de seu negócio. O...

19/01/2016

A exportação como alternativa à diminuição do mercado interno

A balança comercial brasileira apresentou em 2015 um superávit (exportações maiores que importações) de US$ 20 bilhões. Sem dúvida uma...

12/01/2016

Como gerenciar projetos em tempos de crise

As crises aumentam sobremaneira a complexidade no gerenciamento de projetos. Além da preocupação natural em maximizar os resultados do investimento sendo realizado no projeto,...

05/01/2016

Como a crise pode afetar os processos de gerenciamento de projetos

Em momentos de bonança, muitas organizações ainda gerenciam seus projetos como se estivessem tratando de processos rotineiros simples ou repetitivos. Sabe-se, no entanto, que...

páginas PrimeiraAnterior12345678SeguinteÚltimaDe 45 até 60 de 120 registros
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.