Programa da Unesco

Ouro Preto se transformará em um importante palco de discussões e debates sobre a educação. A partir da próxima quarta-feira e até sexta-feira, ocorre o Encontro Nacional do Programa de Escolas Associadas da Unesco. As 800 vagas disponíveis para inscrição foram esgotadas, o que obrigou a organização a abrir uma nova sala com transmissão simultânea. A coordenadora internacional da Rede PEA-Unesco, Sabine Detzel, vai falar sobre a agenda global da educação 2030 e o papel das escolas associadas. Outro palestrante é o filósofo, historiador e psicólogo Daniel Munduruku, escritor pertencente à etnia indígena mundurucu e doutor em educação pela USP. Entre as atrações culturais, estão confirmadas as participações da Orquestra Ouro Preto, Grupo Sarandeiros e Clube da Esquina (com Murilo Antunes, Telo Borges, Bárbara Barcellos e Flávio Venturini).

Inclusão de gênero

A Exposibram 2019 trará para o debate um tema essencial na atualidade, a equidade de gênero. O painel “Políticas de inclusão de gênero na mineração”, que será realizado na próxima terça-feira (10) contará com a presença da diretora financeira da Anglo American, Ana Sanches, que falará sobre as experiências da empresa neste campo. A companhia vem discutindo gênero globalmente por meio de seu programa Everyone e em junho deste ano foi aceita como signatária dos Princípios de Empoderamento das Mulheres, da ONU. Além disso, A meta da Anglo American é ter 33% dos cargos de liderança ocupados por mulheres até 2023, mais que o dobro do atual índice de 15,6%.

Centro cultural

A Cemig iniciará na próxima semana as obras de modernização do andar térreo do Edifício Júlio Soares, sede da companhia desde a sua inauguração em 1985. Localizado no bairro Santo Agostinho, em Belo Horizonte, a área será revitalizada para receber um amplo espaço artístico e transformar-se em um espaço mais eficiente e agradável para empregados e população. O destaque do projeto será a criação de um centro cultural, a partir da ampliação da atual galeria de arte. Segundo o head de comunicação da Cemig, Marco Antônio Lage, o local estará apto a receber grandes exposições, eventos artísticos e gastronômicos, feiras temáticas e outras modalidades de manifestações culturais.

Ilustração e literatura

Considerada uma das mais relevantes artistas plásticas de Minas Gerais, Yara Tupynambá é a convidada da Academia Mineira de Letras para apresentar a palestra “Ilustração e Literatura, artes que se complementam”. A conferência será realizada na próxima terça-feira (10), às 19h30, com entrada gratuita. Entre os assuntos abordados, Yara Tupynambá destaca a criação de ilustrações reafirmando as palavras do escritor, a importância da ilustração desde a antiguidade, o uso das iluminuras e a possibilidade de reprodução gráfica e a ampliação de sua divulgação por meio de xilogravura. :A Academia Mineira de Letras fica na rua da Bahia, 1.466, Lourdes.

“Letra em cena”

Romancista, poeta, memorialista, dramaturgo, argumentista, roteirista de cinema e pintor mineiro, da cidade de Curvelo, Lúcio Cardoso (1912 – 1968) é o focalizado da sessão de setembro do programa literário do Minas Tênis Clube, “Letra em cena. Como ler”, da próxima terça-feira, às 19h, no Café do Centro Cultural Minas Tênis Clube. Sob o olhar do professor da faculdade de Letras da UFMG Jacyntho Lins Brandão, as letras do Lúcio, que é considerado por especialistas expoente da literatura intimista e introspectiva no Brasil, será decifrada. A sua obra mais importante é “Crônica da Casa Assassinada”, de 1959, é um dos livros mais cultuados da literatura brasileira, tendo sido traduzido para o francês, italiano e inglês. O evento acontece no Café do Centro Cultural Minas Tênis Clube (rua da Bahia 2.244, Lourdes).