Crédito: Túlio Márcio/Divulgação CCBB

Múltiplo Ancestral

A partir da exposição de Paul Klee e sua intensa espontaneidade ao pensar a cor e a simplificação das formas entre “o lúdico e o grotesco”, o CCBB Educativo apresenta a ação “Desentraçar”, que integra as atividades do projeto Múltiplo Ancestral. A artista plástica Camila Moreira comanda a experiência com desenho no próximo sábado, às 11 horas. Na atividade colaborativa, o desenho é pensado a partir da mistura de movimento, do corpo, de linhas e cores – como o corpo se organiza no espaço, discorrendo o rastro, o traço, a linha que cria sua presença e sua ausência no percurso. Camila Moreira é artista plástica, doutora em Arts Plastiques pela Université Paris 1 – Panthéon-Sorbonne, França e professora adjunta no Departamento de Desenho/Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). O CCBB-BH fica na Praça da Liberdade, 450, Funcionários.

Mitologia e Gutemberg

Pode até parecer que não, mas o deus egípcio Thoth, o incêndio da biblioteca de Alexandria e as habilidades do herói mesopotâmico Etana são parte de uma mesma história: a da escrita no Ocidente. No próximo sábado, o Espaço do Conhecimento UFMG (Praça da Liberdade, 700, Funcionários) vai passear pelas mitologias grega, egípcia e babilônica e pela vida de Johannes Gutenberg, inventor da imprensa, na atividade Histórias que contam o livro. A contação de histórias está marcada para as 15h. Os visitantes vão conhecer a trajetória da escrita a partir de vestígios deixados, há milhares de anos, em tabuinhas de argila, papiros e pergaminhos. A entrada é gratuita.

Sabores na Praça

A partir de hoje e até sábado, de 16 às 22 horas,  na Praça Padre Lage do bairro Heliópolis, vai acontecer o “Festival de Sabores na Praça”, evento gastronômico que vem reforçar o título que a Capital recebeu no último dia 30 de outubro pela Rede Mundial de Cidades Criativas da Organização das Nações Unidas para Educação Ciência e Cultura (Unesco). O título refere-se à gastronomia.  O “Festival de Sabores na Praça” apresenta deliciosas comidas de rua: acarajé, peixe frito, torresmo de barriga, crepes, hambúrgueres, fígado com jiló, picanha na manteiga de garrafa, tropeiro, e feijoada. Além da gastronomia, a partir das 20 horas, haverá apresentações musicais com as bandas “Axé Retrô” (hoje), “Chama Chuva com Mozão Muniz” (amanhã) e a “Banda Urbana” (sábado).

Casa Fiat de Cultura

No último domingo, foi encerrada a visitação à exposição “Beleza em Movimento – Ícones do Design Italiano” na Casa Fiat de Cultura. Ao longo dos 13 anos de história da instituição, esta foi a segunda exposição com maior público. Em 73 dias de mostra, cerca de 90 mil pessoas passaram pela Casa e puderam admirar as quase 100 peças – dentre obras de arte, automóveis, objetos, miniaturas e instalações multimídia – que compuseram o acervo. No próximo dia 26 a Piccola Galleria e o mezanino da Casa Fiat de Cultura sediarão a mostra “Percorsi italiani: 120 anos de história”, que retratará a imigração italiana, a partir do final no Século XIX, que mudou o curso da história mundial. A exposição seguirá em cartaz até o dia 1º de março de 2020.

Dia do Tropeiro

Com a ideia de homenagear as origens da culinária mineira, o Circuito Sapucaí de Gastronomia e Arte vai realizar um arraial com a presença de renomados chefs e restaurantes contemporâneos. A programação do Dia Nacional do Tropeiro conta com atrações para a criançada e os adultos, no próximo sábado, de 12h às 20h e entrada gratuita. De acordo com André Hallak, produtor do evento, a festa é a sétima edição no calendário do Circuito Sapucaí de Gastronomia e Arte. “Dessa vez fomos buscar a origem da cozinha mineira, através da releitura de pratos e do uso de alimentos e técnicas da época dos desbravadores do Brasil”, ressalta.