20/07/2018
Login
Entrar




DC Fotos


Email
A-   A+
27/11/2017

Belgalux


A criação de uma representação da Câmara de Comércio e Indústria Belgo-Luxemburguesa-Brasileira (Belgalux) em Belo Horizonte promete aproximar e alavancar as relações de negócios do Brasil, especialmente de Minas Gerais, com aqueles países. Troca de expertises, atração de investimentos e apoio nas importações e exportações são algumas das principais ações que a entidade promete realizar como forma de contribuir para a competitividade das empresas de maneira bilateral.

Durante o lançamento, na sede da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), o diretor da representação em Belo Horizonte da Belgalux Brasil, Johan Van der Stricht, anunciou a realização de uma série de eventos e seminários em Minas Gerais a partir do ano que vem. Segundo ele, os encontros ocorrerão em vários segmentos, como tecnológico, ambiental, cultural, turístico e gastronômico, sempre voltados para os setores de indústria e comércio. A iniciativa visa à aproximação entre as nações.

“Bélgica e Luxemburgo compreendem as mais acolhedoras vias de entrada para negócios da União Europeia. A Belgalux não somente vai auxiliar a chegada de novos negócios mineiros ao continente europeu, como alavancá-los e também realizar um trabalho semelhante de lá para cá. Nosso intuito é fazer um trabalho de aproximação entre empresas e entidades dos países”, detalhou.

Neste sentido, o diretor destacou que são várias as áreas com potencial de exploração bilateral. O foco, no entanto, será trabalhar em prol da inovação. “Há, por exemplo, os setores de recuperação ambiental, biotecnologia, indústria limpa, bem como os tradicionais como siderurgia e mineração”, citou.

Presente no lançamento, o embaixador do Reino da Bélgica, Dirk Loncke, destacou que a relação entre os países é bicentenária e anunciou que em 2020 o Rei e a Rainha da Bélgica virão ao Brasil para celebrar a primeira visita da realeza ao País, a relação estabelecida entre as nações e a importância que o Brasil possui para aquele país.

“O Brasil é importante para a Bélgica, primeiro porque está entre as oito maiores economias do mundo. Segundo porque tanto em tamanho quanto em população também se faz representativo e está entre os 20 maiores. E o principal: porque o espírito de abertura no Brasil é diferente do observado nas demais nações que nos relacionamos e isso precisa ser aproveitado”, justificou.

Da mesma maneira, o embaixador do Grão-Ducado de Luxemburgo, Carlo Krieger, enalteceu o momento como histórico para a relação entre Minas e Luxemburgo. “Todas estas ações permitirão uma proximidade ainda maior com Brasil”, resumiu.

Já cônsul Geral do Reino da Bélgica, Jean-Paul Charlier, apontou o lançamento da Representação da Belgalux em Belo Horizonte como mais um importante passo no desenvolvimento da rede belga no Brasil e, particularmente, em Minas Gerais.

Otimismo - O vice-presidente da Fiemg, Valentino Rizzioli, recebeu os representantes da Bélgica e de Luxemburgo com uma mensagem de otimismo. Em nome do presidente da federação, Olavo Machado Junior, o dirigente ressaltou que Minas Gerais está sempre de portas abertas para a construção de uma relação próxima e próspera com investidores, empresários e as comunidades daqueles países.

“Essa aproximação é importante não somente para a economia, mas também para a academia e a cultura do Estado. Contamos com alguns exemplos que mostram como a implantação de câmaras cria importantes e duradouros laços e legados. Os principais exemplos são a Câmara Ítalo-brasileira e a Câmara Portuguesa, que trouxeram e trazem possibilidades de expansão de trocas comerciais e industriais entre Minas e a Europa”, afirmou.

Para isso, Rizzioli destacou a disponibilidade da Fiemg e das ferramentas e serviços oferecidos pela entidade para a Belgalux e seus associados. “No Sistema Fiemg a indústria mineira, os empresários e investidores contam com uma infraestrutura completa para realização de negócios nacionais e internacionais. Esta estrutura e o centro de negócios estão prontos para recebê-los e gerar oportunidades de negócios em diferentes áreas do Estado com a União Europeia”, garantiu.
24/11/2017
Salão Duas Rodas
24/11/2017
Salão de Tóquio
20/11/2017
Fasano Belo Horizonte
02/11/2017
FINIT 2017
20/10/2017
Hilux chalange
19/10/2017
Mapa Gastronômico de Minas Gerais
19/10/2017
ESPECIAL SECA EM MINAS GERAIS
11/10/2017
Duke'n'Duke
06/10/2017
FRONTIER
29/09/2017
Volkswagen Polo
29/09/2017
ANTIGOIBILISMO
29/09/2017
antigomobilismo 2
23/09/2017
Turismo | Morro da Graça
23/09/2017
TURISMO | Congonhas

páginas PrimeiraAnterior12345678SeguinteÚltimaDe 30 até 45 de 245 registros
› últimas notícias
Responsabilidade é decisiva para novos consumidores
Lojistas de BH apostam nos shopping
Setor de fundição avança 3,5% em Minas no 1º semestre
Indústria e comércio foram os mais afetados com a greve dos caminhoneiros
Produção da Anglo em complexo recua 64% no 1º semestre
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


20 de julho de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.