Publicidade
23/09/2017
Login
Entrar

DC Fotos


Email
A-   A+
06/05/2017

Tecnologia Agronegócio


Produzir com eficiência máxima e otimizar os processos são passos fundamentais para que a produção agrícola seja competitiva e rentável. As ferramentas digitais e as tecnologias que permitem o processamento, em tempo real, de diversos dados fundamentais para a tomada de decisão no campo vêm conquistando espaço junto aos produtores e apresentando resultados positivos. A Agrosmart, empresa fundada em 2014, desenvolveu um modo de cultivo inteligente, conectando o agricultor à plantação. Com a análise de dados os principais resultados alcançados são o aumento da produtividade, a otimização da mão de obra e a economia de recursos.

A CEO da Agrosmart, a mineira Mariana Vasconcellos e os cofundadores, Raphael Pizzi e Thales Nicoleti, sempre conviveram com os desafios do campo. Filha de produtores rurais, Mariana explica que acompanhava o dia a dia nas lavouras, que exigem dedicação no monitoramento das culturas e observação de vários fatores para a tomada de decisões.

“Sempre convivi com os desafios da agricultura, com a necessidade de monitorar o campo o tempo todo e observar vários fatores para tentar tomar decisões mais corretas. Isto impedia que fizéssemos viagens mais longas, por exemplo. Do outro lado, eu e meus sócios já trabalhávamos no segmento de tecnologia e resolvemos utilizar os conhecimentos para solucionar o problema de dentro de casa e de um mercado muito relevante no Brasil”.

A ideia para solucionar o gargalo no campo foi a criação de um sistema de monitoramento constante das lavouras. A técnica consiste na instalação de sensores que detectam até 14 variáveis ambientais da área produtiva, como a umidade, o desenvolvimento do caule, do bulbo ou dos frutos, as chuvas em cada área da fazenda e as temperaturas.

Os dados coletados são cruzados com informações obtidas de satélites e com dados de previsão de tempo para gerar informações precisas para o produtor. Por meio de um software, o produtor pode acompanhar a situação de fora das lavouras em tempo real.
O produtor paga uma anuidade, que varia de R$ 30 a R$ 300 reais por hectare, dependo das variáveis contratadas. A empresa instala os sensores, presta serviços de manutenção, faz acompanhamento agronômico semanal e, no software, são repassadas recomendações adequadas. O retorno do investimento geralmente ocorre em uma safra.

“O produtor está acostumado a tomar decisões baseadas em conhecimentos que vieram da família e que são repassados de geração para geração. Mas, como estamos passando por um cenário de mudanças climáticas, tudo tem mudado de maneira muito rápida. Então, é como se o produtor tivesse que aprender tudo de novo, mas de maneira muito mais rápida”, disse Mariana.

Leia também
Coleta de dados resulta em economia


Alertas - Ainda segundo a CEO da Agrosmart, com o sistema, o produtor é alertado sobre os riscos de doenças, previsão de tempo e é recomendada a lâmina ideal para irrigação a ser utilizada definindo exatamente o quanto de água tem que ser aplicado.

Com os dados em mãos, o produtor não precisa mais ir ao campo diariamente, toda a coleta de dados é automática e ele pode consultar pelo celular.

“Para se ter ideia, em 2016, em apenas um pluviômetro conseguimos coletar dados 17 mil vezes. Imagina mandar um funcionário para fazer este mesmo serviço de coleta? Com o sistema, o produtor consegue redirecionar a mão de obra para fazer algo mais importante”, explicou.
05/05/2017
Caminhos da Fé
03/05/2017
DIÁLOGOS 9 - MOVIMENTO MINAS 2032
28/04/2017
DC AUTO | Fiat Uno Firefly
21/04/2017
DC AUTO | GOLF TSI
21/04/2017
DC AUTO | VW Golf TSI
14/04/2017
DC AUTO | A4 Avant
10/04/2017
Samana Santa - Sabará
10/04/2017
Ritual da Guarda Romana - Diamantina
07/04/2017
DC AUTO | Up! 2018
31/03/2017
DC AUTO | Ford Ka Trail - Lançamento
31/03/2017
DC AUTO | Antigomobilismo: Asa de Gaivota
24/03/2017
DC AUTO | Nissan Frontier
17/03/2017
DC AUTO | Corolla aprimora segurança
10/03/2017
DC AUTO | Outlander

páginas PrimeiraAnterior123456789SeguinteÚltimaDe 45 até 60 de 202 registros
› últimas notícias
Minas Gerais terá planta de grafeno até 2020
Planta da Mercedes em Juiz de Fora opera com estabilidade
Empresariado está mais otimista e Icei atinge o maior nível desde março de 2013, aponta CNI
Carrefour Brasil troca de presidente e anuncia a emissão de R$ 2 bi em notas
Unifei entre as mil melhores universidades do mundo
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:

Cadastrar
› Mais Lidas
Usiminas reajustará preços em 10,2%
Setor de mineração deve mudar o foco dos investimentos
Fiemg apresenta plano para o Alto Paranaíba
BR Food cogita reduzir produção em fábricas de Uberlândia
Crise econômica impacta o financiamento estudantil
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


23 de September de 2017
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.