Caso a projeção de alta na comercialização de veículos importados se concretize em 2019, este será o segundo ano consecutivo de resultados positivos.

Segundo dados da Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores (Abeifa), houve alta de 26,3% nas vendas de carros importados em 2018 (37.582 unidades) frente a 2017 (29.751).

Em 2017, o setor registrou queda de 17% nas vendas em relação ao período anterior.

Em Minas e em Belo Horizonte, os resultados foram positivos em 2018. Segundo levantamento da Abeifa, em 2018 foram comercializados 30.207 carros importados no Estado, enquanto em 2017 foram 23.639, o que indica alta de 28%.

Na capital mineira, o número de vendas de carros importados em 2018 chegou a 15.559 unidades, contra 12.258 em 2017, ou seja, alta de 27% no ano passado.

Os dados regionais, referentes a Minas e Belo Horizonte, levam em conta veículos das associadas da Abeifa e também da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).

As associadas da Anfavea, mesmo tendo produção local, também importam veículos. Já os dados nacionais referem-se somente os dados das 16 marcas filiadas à Abeifa.

Segundo a associação, em fevereiro deste ano, as cinco marcas que mais venderam no País foram Kia Motors (717 unidades), Volvo (571), Jac Motors (206), Land Rover (189) e BMW (186). (AAH)