Publicidade
22 de June de 2017
Login
Entrar

Finanças

Email
A-   A+

Paraíso dos bancos

As atividades no Brasil, com forte expansão do crédito, apareceram ontem como uma das mais lucrativas no mundo nos balanços do ABN Amro e do HSBC. Objeto da maior disputa da indústria bancária, o ABN teve lucro líquido mundial de 2,165 bilhões no primeiro semestre, resultado 2,4% menor do que no mesmo período de 2006. A unidade brasileira, considerada a de maior retorno, reportou ganho líquido de R$ 1,161 bilhão, 84% mais do que em 2006. No balanço mundial, o ABN cita o Brasil...
31/07/2007
Disputa acirrada
Maior estrangeiro no país, o ABN Real interessa tanto que o espanhol Santander se juntou a um consórcio para disputá-lo com o Barclays. Já o HSBC, maior banco europeu em valor de mercado e que...
31/07/2007
Expansão do crédito
Em comum, ABN e HSBC citam a expansão do crédito brasileiro, que cresce a um ritmo de 20% ao ano, como um dos negócios mais lucrativos do planeta, especialmente os empréstimos consignados,...
31/07/2007
Investimentos do governo federal aquém da meta
PPI recebeu apenas 10,6% do total que era previsto Brasília - O governo federal encerrou os primeiros seis meses do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) com...
31/07/2007
Novas captações apenas em setembro
Empresas devem aguardar o fim das férias de verão no Hemisfério Norte Rio, São Paulo de Brasília - Agora, só em setembro. Depois de duas empresas brasileiras cancelarem a emissão...
31/07/2007
Telemig Celular consegue estancar perda de mercado
Resultado trimestral e processo de venda da operadora levaram as ações a registrar alta de 10,7% ontem na Bovespa Rio - As ações preferenciais (PN, sem direito a voto) da Telemig...
31/07/2007
Superávit primário já é de R$ 43,8 bi
Já as receitas do governo federal somaram R$ 243,2 bilhões no primeiro semestre, o que representa um crescimento de 2,8% acima do PIB. Segundo Augustín, esse comportamento, combinado com uma...
31/07/2007
Fusões e aquisições disparam
Rio - Um levantamento da PricewaterhouseCoopers mostra que, nos primeiros sete meses de 2007, foram realizadas 411 fusões e aquisições, contra 305 em 2006 e 206 em 2005. Os números mostram que...
28/07/2007
Bolsa não consegue se recuperar de perdas
Nem PIB dos EUA salva a sexta São Paulo - A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) até tentou, mas não conseguiu se recuperar do tombo da véspera ontem. Os temores com os...
28/07/2007
Dólar fechou na mínina, a R$ 1,894
Após subir mais de 3% anteontem, o dólar à vista fechou na cotação mínima ontem, a R$ 1,894, em baixa de 1,81% na roda da BM&0F e de -1,76% no balcão. Essas variações são as maiores...
28/07/2007
Brasil está "blindado"
Analistas e economistas acreditam que o Brasil não corre grandes riscos com a atual turbulência internacional, principalmente a curto e médio prazos. Os bons fundamentos econômicos - como...
28/07/2007
Queda pelo efeito manada
"O risco de grandes desequilíbrios, com repique inflacionário, fuga de dólares e recessão, como vivemos em 1999, 2001 e 2002, é praticamente zero", afirmou Luis Fernando Lopes,...
28/07/2007
Ipiranga: preço é questionado
A Associação dos Investidores do Mercado de Capitais (Amec) e um grupo de fundos de investimento enviaram à CVM estudo questionando os termos da venda do grupo Ipiranga para o consórcio...
27/07/2007
Subprime volta a fazer estragos
Bovespa chegou a cair 6,02%, para fechar em baixa de 3,76%, aos 53.893,2 pontos São Paulo - Depois de uma mísera trégua anteontem, a Bovespa repetiu ontem o comportamento da última...
27/07/2007
Analistas esperam um dia de trégua
Os especialistas do mercado avaliam que, embora os mercados acionários tenham voltado a patamares atrativos - em especial a Bovespa -, mais notícias ruins podem adiar uma...

páginas PrimeiraAnterior9969979989991000100110021003100410051006SeguinteÚltimaDe 15000 até 15015 de 15179 registros
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.