Petroleiros retomam os trabalhos nas refinarias e plataformas

Home

01/06/2018 - Por Leonardo Francia. Foto: Guilherme Bergamini - ALMG.

Após três dias de greve dos petroleiros nas refinarias, terminais e plataformas da Bacia de Campos (RJ) da Petrobras, inclusive na Refinaria Gabriel Passos (Regap), em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), a categoria voltou a trabalhar nesta sexta-feira (dia 1º).

A Petrobras informou que todas as suas unidades já estão operando. “A greve já foi encerrada em mais de 95% das unidades. Onde ainda é necessário, equipes de contingência atuam e a situação caminha para a normalidade e para o encerramento do movimento. Não há impacto na produção nem risco de desabastecimento”, afirmou, em nota, a estatal.

Além disso, a Petrobras estava com estoques de combustíveis elevados em suas refinarias por causa da greve dos caminhoneiros, o que acabou reduzindo significativamente as saídas dos produtos das unidades, desde o início da semana passada.

A greve dos petroleiros, segundo a Federação Nacional dos Petroleiros (FNP) chegou a 90% de adesão. Um dos objetivos da categoria era a redução dos preços do gás de cozinha e dos combustíveis. O movimento também era contra o que os petroleiros chamam de privatização da Petrobras e exigia ainda a saída do presidente da empresa, Pedro Parente, o que acabou acontecendo nesta sexta-feira, quando o executivo pediu demissão do cargo.