Treze vôos são cancelados no Aeroporto de Confins

Home

O Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, registrou ao longo do dia de ontem, até o fim da tarde, o cancelamento de 13 voos, em decorrência da greve dos caminhoneiros. Desde o início da paralisação, há dificuldades para o abastecimento das aeronaves. De acordo com nota da BH Airport, concessionária do aeroporto, até que o fornecimento de combustível seja normalizado, o plano de contingência será mantido.

Por meio de nota publicada em seu site, a BH Airport recomenda que os passageiros entrem em contato com as companhias aéreas e consultem a situação dos voos antes de se deslocarem até Confins.

Escoltas - O abastecimento de algumas aeronaves vem ocorrendo devido ao plano de contingência, com o transporte de combustíveis de aviação, ocorrendo com a colaboração de escoltas. De acordo com a nota da BH Airport, a concessionária continua acompanhando a situação por meio de um comitê de crise formado pelo Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR/MG), do Governo de Minas, e pela Polícia Militar.

“O suprimento de combustíveis no aeroporto está restrito, razão pela qual o abastecimento às aeronaves continua sendo feito de forma planejada e coordenada com as companhias aéreas e distribuidoras”, informou a concessionária.

ANA AMÉLIA HAMDAN