18/08/2018
Login
Entrar

Internacional

10/03/2018

EUA tem maior avanço em um ano e meio

Reuters
Email
A-   A+
Washington  - A criação de vagas de trabalho nos Estados Unidos (EUA) saltou em fevereiro, registrando o maior aumento em mais de um ano e meio, mas uma desaceleração nos ganhos salariais apontou para uma alta gradual da inflação este ano.

A criação de vagas fora do setor agrícola chegou a 313 mil postos de trabalho no mês passado, impulsionada pelo maior avanço no setor de construção desde 2007, disse o Departamento do Trabalho, na sexta-feira (09).

O resultado foi o maior desde julho de 2016 e ficou bem acima dos aproximadamente 100 mil empregos por mês que a economia precisa criar para acompanhar o crescimento da população em idade para trabalhar.

A renda média por hora aumentou 0,1%, para 26,75 dólares em fevereiro, uma desaceleração da alta de 0,3% em janeiro. Isso diminuiu o aumento na base anual para 2,6%, ante 2,8% em janeiro.

Desemprego - A taxa de desemprego permaneceu na mínima de 17 anos, de 4,1% em fevereiro, uma vez que mais pessoas entraram na força de trabalho, em um sinal de confiança no mercado. A semana de trabalho média se recuperou para 34,5 horas, depois de cair para 34,4 horas em janeiro.

Com as autoridades do Federal Reserve considerando que o mercado de trabalho está próximo ou um pouco além do pleno emprego, a moderação no crescimento dos salários, no mês passado, provavelmente fará pouco para mudar as expectativas de que o banco central dos EUA aumentará as taxas de juros, em sua reunião de 20 e 21 de março.

O crescimento lento dos salários, no entanto, poderia atenuar as expectativas de que o Fed mudará sua projeção para os juros para uma quarta alta neste ano, de três. Existe otimismo de que o aperto das condições do mercado de trabalho estimulará um crescimento salarial mais rápido este ano e levará a inflação para a meta de 2% do banco central.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

18/08/2018
Crise argentina prejudica acerto de acordo entre blocos
Fragilidade de país vizinho vem desestabilizando negociações comerciais
18/08/2018
Pentágono diz que China treina para atacar os EUA
Washington - Os militares da China ampliaram suas operações de bombardeiros nos últimos anos, porque “provavelmente estão treinando para atacar” os Estados...
17/08/2018
China e EUA acertam rodada de negociações para o fim deste mês
Reunião pode significar progresso na solução de conflito
17/08/2018
Itália e UE trocam acusações por queda de ponte
Roma - A atribuição de culpa alheia pelo colapso fatal da ponte Morandi, na Itália, se intensificou ontem com autoridades italianas e da União Europeia (UE) buscando...
15/08/2018
EUA ameaça com novas sanções e Turquia promete retaliar
Pressão americana é para que turcos libertem pastor
› últimas notícias
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


18 de agosto de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.