24/06/2018
Login
Entrar

Negócios

09/06/2018

Busca por significado tem motivado os executivos

Da Redação
Email
A-   A+
A busca de significado no trabalho é algo que tem motivado muitos executivos em suas movimentações profissionais. A avaliação é da sócia da consultoria especializada People Oriented, Helena Magalhães. Nesse novo cenário, tanto quanto salário e mais tempo livre, há uma procura por desafios, rotina criativa e um senso de propósito em relação às tarefas desempenhadas.

Segundo uma pesquisa da Gallup de 2017, dois terços de funcionários de alto escalão estão entediados e infelizes com seus trabalhos nos Estados Unidos, independentemente de remuneração e reconhecimento pelos pares. Na opinião de Helena, o Brasil tem um agravante frente a esse cenário: depois da bonança econômica no final da década passada e começo desta, a desaceleração abriu espaço para executivos refletirem sobre o que os motiva no trabalho.

Com isso, partem em busca de um posto em que se sintam mais satisfeitos não apenas do ponto de vista da progressão de carreira. Um bom ambiente para se observar este novo cenário são as startups. Segundo a sócia da People Oriented, é cada vez mais comum ver executivos saindo de empresas tradicionais em busca de um novo modelo de negócios. “Eles nos procuram e dizem para avisá-los se tivermos uma posição bacana em uma startup, porque gostariam de levar a bagagem acumulada para uma empresa ainda em estruturação”, conta.

Para ela, a proeminência do empreendedorismo também influencia essa movimentação. Ainda que nem todos partam para a criação de uma empresa própria, o significado subjacente dessa cultura - dedicar-se a um negócio que traga um retorno concreto para si mesmo -, acaba por transbordar suas fronteiras e aumentar a necessidade por propósito do mercado de trabalho como um todo.

O novo cenário, no entanto, não está restrito a executivos do C-Level, como CEOs e CFOs. Pelo contrário, profissionais de diversos níveis seguem pelo mesmo caminho, motivados por uma compreensão de que, já que tanto tempo da vida é dedicado ao trabalho, ele não pode ser fonte apenas de recompensa financeira, mas também emocional. As empresas, por sua vez, têm percebido a mudança e se readequado para manter os atuais quadros de funcionários e atrair novos.

“Na área de tecnologia, em especial, a busca por propósito parece permear de forma mais natural nas empresas”, afirma Helena Magalhães. Por outro lado, detalha, ainda há um déficit entre os contratantes em conseguir se adequar e oferecer os desafios certos para profissionais em busca de realização. “Esse é o desafio do momento”.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

23/06/2018
Franchising também é lugar de inovação
Padronização das operações pode servir para replicar as mudanças de forma mais ágil nas empersas
23/06/2018
Grandes redes são confundidas com franquias
Empresas se expandem com operações padronizadas e capilaridade semelhante ao do setor
23/06/2018
Clinicerta inaugura a sua primeira unidade em BH
Investimento totalizou R$ 1,2 mi
23/06/2018
Franqueado é parte essencial no processo de inovar
Na busca pela inovação no franchising, o franqueado aparece como um dos principais atores. O presidente da ABF, Altino Cristofoletti Junior, lembra que é o franqueado que...
23/06/2018
Outback privilegia seus funcionários
Com 92 restaurantes espalhados em 38 cidades e 15 estados do Brasil, a rede de restaurantes Outback Steakhouse também se destaca por sua padronização em atendimento,...
› últimas notícias
Torcida não aquece as vendas no hipercentro
Prestadoras de serviços terrestres cogitam dispensa de pessoal com reoneração
Liminar contrária não abala Mendes Júnior
Primeiro leilão da Aneel prevê R$ 6 bi
BR Distribuidora aguarda decisão do TRT para mensurar os impactos
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


23 de junho de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.