24/06/2018
Login
Entrar

Finanças

09/06/2018

FMI aprova ação do BC para conter dólar

Abr
Email
A-   A+
Washington - O diretor do Fundo Monetário Internacional (FMI) para as Américas, Alejandro Werner, afirmou, na sexta-feira (8), que o anúncio do Banco Central (BC) de que não utilizará a política monetária para controlar a alta do dólar é uma decisão adequada. “Para administrar, suavizar e evitar condições desordenadas nos mercados financeiros, como no de câmbio, há outros instrumentos”, disse. A política utilizada pelo Banco Central, até agora, tem sido os leilões de swaps cambiais.

O presidente do BC, Ilan Goldfajn, havia dito que não iria usar a taxa básica de juros, a Selic, para interferir no câmbio. Ele assegurou que a política monetária continuará sendo utilizada para controlar a inflação, sua função principal. Goldfajn também afirmou que, até o final da semana que vem, ocorrerão leilões adicionais de contrato de swap cambial no valor total de US$ 20 bilhões.

“Cremos que, em termos gerais, são os princípios adequados à condução da política monetária e financeira do Brasil. Claramente, o movimento das moedas dos países desenvolvidos tem impacto sobre os países emergentes”, afirmou o diretor do FMI. Segundo ele, há mercados emergentes vulneráveis, mas também há um grupo de emergentes que tem setor financeiro sólido, “que vai permitir enfrentar muito bem a situação”.

Quando questionado se o Brasil estaria entre o grupo de países vulneráveis, o diretor destacou que o País não tem questões preocupantes relacionadas a vulnerabilidades externas, como problemas em conta corrente. “É uma economia que não tem uma necessidade de financiamento externo grande”, afirmou.

Ainda assim, o diretor comentou o desequilíbrio fiscal brasileiro e a importância de discutir o tema durante as eleições deste ano. “Nos últimos anos, o Brasil passou a enfrentar um desafio fiscal muito importante, e esse desafio é muito grande e já está presente no debate político com as discussões da reforma previdenciária”, disse Werner.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

23/06/2018
Dólar sobe e fecha semana com alta de 1,42%
Moeda norte-americana acumulou valorização ante o real mesmo após intervenções do Banco Central
23/06/2018
Ibovespa avança com menor aversão ao risco
São Paulo - O principal índice acionário da B3 fechou em alta, na sexta-feira (22), com a menor aversão a risco no exterior diante da forte alta do petróleo,...
23/06/2018
Resgates de títulos superam compras em R$ 107,4 mi
Brasília - Em meio à volatilidade no mercado financeiro no mês de maio, os resgates superaram as compras no programa Tesouro Direto em R$ 107,4 milhões no mês...
23/06/2018
BC vai ofertar US$ 3 bi em leilão de linha
São Paulo - O Banco Central (BC) anunciou, na sexta-feira (22), que dará continuidade à sua atuação no mercado de câmbio por meio de leilões de...
22/06/2018
Ibovespa cai 2,84%, puxado pela Petrobras
São Paulo - O principal índice acionário da B3 fechou em queda ontem, pressionado pela volta da aversão a risco no exterior, em sessão que teve ainda as...
› últimas notícias
Torcida não aquece as vendas no hipercentro
Prestadoras de serviços terrestres cogitam dispensa de pessoal com reoneração
Liminar contrária não abala Mendes Júnior
Primeiro leilão da Aneel prevê R$ 6 bi
BR Distribuidora aguarda decisão do TRT para mensurar os impactos
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


23 de junho de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.