19/07/2018
Login
Entrar




DC Lab

20/06/2017

3D Lopes planeja fechar parcerias com hospitais

Ana Carolina Dias
Email
A-   A+
A startup 3D Lopes pretende estruturar minifábrica de próteses nos centros de saúde/Divulgação
Os processos de modelagem, impressão e adaptação de próteses personalizadas realizados dentro dos hospitais é o plano de negócios da startup belo-horizontina 3D Lopes, já na segunda fase do programa de aceleração Fiemg Lab, que pretende estruturar uma minifábrica nos centros de saúde e assim oferecer soluções para a área médica com mais eficiência e rapidez.

A meta, segundo o fundador e diretor executivo, Daniel de Paula Lopes, é instalar os equipamentos em até três hospitais até o final deste ano “Estamos organizando o desenvolvimento do scanner 3D que será usado para traçar o perfil da prótese que o paciente precisa. As informações serão enviadas para a nossa central onde a prótese será modelada de forma customizada. O arquivo volta para o hospital, é impresso na impressora 3D e um fisioterapeuta faz tanto a instalação da prótese quanto a reabilitação do paciente”, explica Lopes.

Apesar das diversas possibilidades que a impressão 3D viabiliza, muitas delas já colocadas em prática pela 3D Lopes, que possui um projeto de máquinas e materiais. O o diretor comercial da startup, Jonatas Rafael Hernandes, diz que o foco na área da saúde é o objetivo principal por apresentar mais oportunidades escaláveis. “A área da saúde é a que agrega mais valor para a nossa startup e por isso o planejamento é levar a solução completa para essa área. Já fizemos próteses para casos individuais, mas a maneira mais efetiva de atender as pessoas é por meio dos hospitais e planos de saúde e esse é o nosso próximo passo. Além disso, é possível aplicar a ideia também em tomografias e ressonâncias, transformando toda a informação que a medicina já tem em arquivos impressos, auxiliando um planejamento mais preciso para processos cirúrgicos, por exemplo”, pontua.

Os sócios destacam os diferentes pontos de vistas que possibilitaram um diagnóstico da empresa e as vantagens das trocas proporcionadas pelo ecossistema de inovação. “O ambiente de colaboração e compartilhamento - referindo-se ao Fiemg Lab -, é fundamental. A união e o trabalho em conjunto, compartilhando conhecimentos e forças, são essenciais para a aceleração”, diz Hernandes.

Além disso, Lopes ressalta que o planejamento para alcançar objetivos também é uma das perspectivas desenvolvida com a participação no programa. “Nós temos organizado uma visão para o futuro e quais são as melhores estratégias para chegar onde queremos. Então, nos próximos meses, pretendemos ter claro quais são os passos iniciais para saber como atingir as metas”, comenta.

Atualmente, o faturamento da startup é resultado da venda de peças impressas em 3D e de máquinas para diversas áreas e consultoria sobre uso da impressão 3D. Com a solução para a área médica já desenvolvida, a startup está em contato com possíveis clientes que confirmaram a necessidade do serviço e tem a expectativa de fechar com o primeiro hospital ainda neste semestre.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

12/07/2017
Diário do Comércio adere à trilha da inovação
Projeto do jornal acompanha o dia a dia das startups aceleradas no Fiemg Lab
11/07/2017
Psicologia Viva inicia processo de internacionalização
Plataforma inicia este mês operação no Chile, com apoio do governo
11/07/2017
Processos seletivos ganham aliado
A procura pelo candidato ideal para uma vaga de emprego pode significar uma caixa de entrada cheia de e-mails e diversos currículos a serem analisados para a triagem dos profissionais...
06/07/2017
Finep Startup investe R$ 1 milhão por empresa
Iniciativa, que contou com o apoio da Fiemg Lab e P7 Criativo, pretende reduzir gap de financiamento existente
05/07/2017
Startups abrem oportunidades de emprego
O crescimento do número de startups em Minas Gerais e no Brasil pode representar uma opção para quem procura por oportunidades de emprego diante do contexto de crise...
› últimas notícias
Indústria pode recorrer à Justiça por repasse de verbas
Antecipação do abono anima CDL-BH
Em Minas, setor automotivo espera impulso com o Rota 2030
PBH cumpre 1ª etapa de auditoria
Demanda por cães de guarda cresce em BH
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


19 de julho de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.