24/06/2018
Login
Entrar

Negócios

14/04/2018

Cemig e Fapemig assinam aditivo para fechar parcerias com empresas e universidades em Minas

Da Redação
Email
A-   A+
Assinatura do aditivo ao termo de cooperação técnica foi assinado na sede da Cemig, em Belo Horizonte/Euler Junior/Divulgação
A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) assinou um aditivo ao termo de cooperação técnica e financeira, celebrado entre a empresa e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig). O aditivo permitirá a assinatura de quatro projetos, no valor de R$ 3,83 milhões, e parcerias com quatro universidades do Estado, no valor de R$ 6,5 milhões.

Com a assinatura dos convênios, o valor total do investimento da Cemig em projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I) vai superar R$ 80 milhões, já nos primeiros meses de 2018. O desembolso dos recursos financeiros será realizado de acordo com o cronograma de execução dos projetos, que ocorrem, em média, ao longo de três anos.

A assinatura foi realizada nessa semana, no edifício-sede da Cemig, em Belo Horizonte, pelo presidente da concessionária, Bernardo Alvarenga, o diretor de Relações Institucionais e Comunicação, Thiago de Azevedo Camargo, e pelo presidente da Fapemig, Evaldo Vilela.
Para o presidente da Fapemig, a continuidade dos investimentos é muito importante para Minas Gerais. “Agradecemos a Cemig pela parceria, que traz muito orgulho para a Fapemig, pois irá proporcionar recursos significativos para a área de PD&I em Minas Gerais, gerando conhecimento, tecnologia e inovação”, declarou Vilela.

Na sequência, Alvarenga afirmou que “a Cemig sempre se destacou como modelo no setor elétrico brasileiro, tendo sido reconhecida pela 18ª vez consecutiva pelo Índice Dow Jones de Sustentabilidade. Dentre os critérios do índice, destaca-se a Gestão da Inovação, avaliada a partir dos investimentos em PD&I. Esse é um dos motivos que tornam essa parceria tão importante para a companhia”.

Para o diretor Thiago Camargo, que assumiu a área de PD&I no início deste ano, a parceria com a Fapemig está alinhada com os objetivos principais da aplicação do recurso do Programa PD&I Aneel.

“Consolidando parcerias pioneiras e contínuas com instituições de ciência e tecnologia públicas e privadas, indústria e empresas de base tecnológica, a Cemig tem desenvolvido projetos que visam a criação de novos produtos e processos que atinjam toda a sociedade a partir de inovações”, afirmou Thiago.

Os projetos têm como objetivo o melhoramento da qualidade de prestação dos serviços, por meio da modernização tecnológica.

“Os avanços das novas tecnologias impõem a necessidade de a companhia estar à frente também de novos desafios como microgeração distribuída de energia, mobilidade elétrica e aquelas advindas do desenvolvimento acelerado das Tecnologias da Informação e Comunicação, como inteligência artificial, robótica, intensificação da comunicação M2M e IoT, realidade virtual aumentada, entre outros”, afirmou o diretor. “Essas novas tecnologias impõem desafios e, ao mesmo tempo, oportunidades de exploração de novos serviços pela companhia”, completou Thiago.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

23/06/2018
Franchising também é lugar de inovação
Padronização das operações pode servir para replicar as mudanças de forma mais ágil nas empersas
23/06/2018
Grandes redes são confundidas com franquias
Empresas se expandem com operações padronizadas e capilaridade semelhante ao do setor
23/06/2018
Clinicerta inaugura a sua primeira unidade em BH
Investimento totalizou R$ 1,2 mi
23/06/2018
Franqueado é parte essencial no processo de inovar
Na busca pela inovação no franchising, o franqueado aparece como um dos principais atores. O presidente da ABF, Altino Cristofoletti Junior, lembra que é o franqueado que...
23/06/2018
Outback privilegia seus funcionários
Com 92 restaurantes espalhados em 38 cidades e 15 estados do Brasil, a rede de restaurantes Outback Steakhouse também se destaca por sua padronização em atendimento,...
› últimas notícias
Torcida não aquece as vendas no hipercentro
Prestadoras de serviços terrestres cogitam dispensa de pessoal com reoneração
Liminar contrária não abala Mendes Júnior
Primeiro leilão da Aneel prevê R$ 6 bi
BR Distribuidora aguarda decisão do TRT para mensurar os impactos
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


23 de junho de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.