21/07/2018
Login
Entrar




Internacional

13/07/2018

Grandes emergentes podem sentir impacto maior de tarifas comerciais dos EUA

Email
A-   A+
Paris - Grandes economias emergentes como a China e a Índia sofrerão mais do que os países desenvolvidos se as tarifas de comércio retornarem aos níveis de 1990, disse a OCDE ontem, em uma atualização de suas projeções econômicas de longo prazo.

A Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) estimou que as tarifas de importação mais altas vão gradualmente tirar meio ponto percentual do crescimento real do Produto Interno Bruto (PIB) global.

Brasil - Até o fim do horizonte de previsão da OCDE em 2060, isso deixará os padrões de vida média mundiais cerca de 14% mais baixos do que seria de se esperar. No entanto, Brasil, Rússia, Índia, Indonésia e China poderiam esperar uma perda de 18% do PIB real per capita até 2060, projetou a OCDE.

Os 36 países desenvolvidos pertencentes à OCDE verão os padrões de vida caírem 6% em média e a zona do euro apenas 4,5%, dado o alto nível de comércio entre eles e o fato de as tarifas da União Europeia já estarem baixas em 1990, explicou a OCDE.

Em um cenário usual, sem reformas significativas, o crescimento econômico global anual deve desacelerar gradualmente nos próximos 40 anos, passando de 3,4% atualmente para 2,0%.(Reuters)

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

21/07/2018
Trump se diz pronto para tarifar China em mais US$ 500 bilhões
Americanos pressionam chineses por redução de desequilíbrio comercial
21/07/2018
Mercosul avalia acordos com Aliança e Tunísia
São Paulo/Brasília - O Brasil quer avançar na discussão sobre possíveis acordos envolvendo o comércio digital com os países da Aliança do...
20/07/2018
UE alerta que tarifas dos EUA sobre carros serão um desastre
Vendas do setor do bloco ao país americano superam 50 bi de euros por ano
20/07/2018
Trump critica altas de juros pelo Fed
São Paulo - O presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, criticou o movimento de aperto monetário do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) e disse que...
19/07/2018
UE anuncia medidas de proteção contra importações de produtos de aço
Salvaguardas entram em vigor hoje
› últimas notícias
Renovação da concessão da EFVM pode ser resolvida na Justiça
Pessimismo aumenta na indústria mineira
Minas mantém sequência de superávit
Brasil fecha 661 vagas com carteira assinada
Governo quer leilão da Eletrobras até agosto
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


21 de julho de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.