19/07/2018
Login
Entrar




Economia

16/05/2018

Lucro líquido do Banco Inter é de R$ 11,2 mi

Com conta corrente gratuita e pioneira na modalidade digital, instituição vê carteira de crédito avançar
Ana Carolina Dias
Email
A-   A+
Inter monetizou a base de clientes, com aumento de 78%/Charles Silva Duarte
Motivado principalmente pelos esforços em diversificar produtos e serviços oferecidos aos clientes, o Banco Inter, instituição financeira que oferece conta corrente gratuita e pioneira na modalidade digital no Brasil, registrou lucro líquido de R$ 11,2 milhões no primeiro trimestre de 2018. O bom desempenho, puxado pelo crescimento da carteira de crédito, a redução de custos de funding e pela monetização da base de clientes, representou um aumento de 78% na comparação com o mesmo período do ano passado.

“O forte crescimento financeiro e operacional do banco neste primeiro trimestre confirma a receptividade do mercado ao nosso modelo de negócio e propósito de revolucionar a experiência bancária”, afirmou o presidente do Banco Inter, João Vitor Menin.

Os dados divulgados ontem apontaram que os ativos totais do banco somaram R$ 3,8 bilhões no fim do primeiro trimestre. A carteira de crédito total é de R$ 2,62 bilhões, sendo que o crédito imobiliário atingiu uma carteira de R$ 1,6 bilhão, expansão de 23,5% ao longo de 12 meses, e os empréstimos imobiliários com garantia de imóvel registraram expansão de 51,4% no mesmo período.

O número de transações realizadas durante o primeiro trimestre deste ano foi de 9,5 milhões, aumento de 565% em comparação com o mesmo período do ano anterior. O volume transacionado foi de R$ 5,8 bilhões, um crescimento de 167% em relação ao primeiro trimestre de 2017. O resultado é considerado um indicador do nível utilizado dos serviços, bem como indício de que mais clientes têm usado o Banco Inter como primeira opção, recebendo salários, usando o cartão de débito de forma recorrente e investindo recursos na instituição.

O Banco Inter segue com um bom nível de capitalização, com Índice de Basileia de 15,4%, mantendo uma estrutura sólida de capital para o crescimento sustentável da instituição. O Retorno sobre Patrimônio Líquido Médio (Roae) no primeiro trimestre apresentou um aumento de 4.4 pontos percentuais em relação ao mesmo período do ano anterior, na casa dos 11,6%. Enquanto o retorno sobre o ativo médio (Roaa) foi de 1,2% no ano, incremento de 0,4 ponto percentual na mesma base comparativa.

Investidores - Nos últimos 12 meses, o número de investidores no Banco Inter cresceu 229% e alcançou os 50,9 mil clientes. Com cerca de 10% dos clientes como investidores, a instituição financeira finalizou o primeiro trimestre de 2018 com um volume total de recursos investidos via Banco Inter de R$ 6 bilhões, dos quais R$ 3,1 bilhões representam o saldo de captação.

Outra marca alcançada pelo banco no primeiro trimestre foi a de 535,6 mil contas digitais, um crescimento de 338% nos últimos 12 meses e bateu o recorde de abertura de contas em um trimestre, com 160 mil novas contas durante o primeiro trimestre deste ano. O crescimento da base de clientes incluiu, além das contas de pessoas físicas, Contas Pro, com foco em pequenas e médias empresas, e Contas MEI, lançadas em março para atender microempreendedores individuais. “Temos um modelo de negócio único, pois oferece uma proposta de valor disruptiva e inédita, que reúne as características da indústria bancária e das fintechs”, destacou Menin.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

19/07/2018
Indústria pode recorrer à Justiça por repasse de verbas
Fiemg alega que governo estadual retém cerca de R$ 100 mi desde 2015
19/07/2018
Antecipação do abono anima CDL-BH
INSS paga metade do valor a aposentados e pensionistas em agosto e PBH libera ao funcionalismo amanhã
19/07/2018
Em Minas, setor automotivo espera impulso com o Rota 2030
Também poderão se habilitar ao programa fornecedores de montadoras
19/07/2018
PBH cumpre 1ª etapa de auditoria
Relatório reúne 5 mil documentos de 40 empresas, referentes ao período de 2013 a 2016
19/07/2018
Leilão da Eletrobras deve ter duas etapas
A primeira, segundo o BNDES, deve ser agora em julho, enquanto a segunda está prevista para o fim de agosto
› últimas notícias
Indústria pode recorrer à Justiça por repasse de verbas
Antecipação do abono anima CDL-BH
Em Minas, setor automotivo espera impulso com o Rota 2030
PBH cumpre 1ª etapa de auditoria
Demanda por cães de guarda cresce em BH
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


19 de julho de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.