22/07/2018
Login
Entrar




Negócios

12/07/2018

Maturidade digital ainda é baixa em empresas brasileiras

Levantamento aponta que 61% das companhias ainda estão em fase inicial
Redação
Email
A-   A+
Avançar do nível de maturidade nascente para multimomento pode significar aumento de até 20% no faturamento/PIXABAY/DIVULGAÇÃO
Estudo feito pelo The Boston Consulting Group (BCG) e pela Google aponta o nível de maturidade das companhias brasileiras no que diz respeito a Data-Driven Marketing (DDM) e demonstrou que grande parte ainda está em um patamar inicial.  “A Jornada Rumo à Maturidade Digital no Brasil” é fruto de pesquisas quantitativas e qualitativas realizadas em 2018 com executivos de mais de 60 das principais companhias do País, muitas delas líderes em seus ramos de atuação, que englobam dez setores: Automotivo, Alimentos e Bebidas, Cuidados Pessoais, Educação, Nativos Digitais, Serviços Financeiros, Telecom e Mídia, Varejo, Viagens & Turismo e Vestuário.

O estudo explorou quatro estágios de maturidade no uso de dados:

Nascente: campanhas de marketing usando majoritariamente dados de terceiros e compra direta de mídia, com baixa ligação a resultados de vendas;

Emergente: campanhas baseadas também em dados próprios e compra de mídia programática com otimização e teste de forma independente por canal de mídia;

Conectado: dados integrados e ativados ao longo de múltiplos canais de mídia com clara conexão a ROI e resultado de vendas;

Multimomento: execução dinâmica, otimizada e personalizada para cada cliente ao longo de todos os canais de mídia.

Segundo estimativas do BCG, sair do estágio Nascente para Multimomento, além de criar vantagem competitiva, pode ter um impacto bastante significativo, com aumento de até 20% nas receitas e ganhos de até 30% em eficiência. Apesar das vantagens, as companhias nacionais ainda estão distantes de colher esses frutos em sua plenitude, uma vez que 61% das participantes da pesquisa ainda são Nascentes ou Emergentes. A maioria (55%) é classificada no estágio Emergente, seguido de Conectado (37%), Nascente (6%) e Multimomento (2%).

Empresas nativas digitais destacaram-se no nível de maturidade. Na pesquisa, também sobressaiu a variação de maturidade em uma mesma indústria. Para as empresas mais maduras, ainda há espaço para evolução e, para aquelas em estágios iniciais, o nível de maturidade pode representar um risco para o negócio.

“É importante observar que o baixo nível de maturidade não é reflexo da falta de apoio ao tema, que está no topo da agenda da maior parte das empresas brasileiras, não importa o setor. Quando questionados sobre o nível de patrocínio dado a data-driven marketing, 75% dos participantes reportaram tratar de assunto patrocinado pela alta gestão da organização”, comenta o sócio do BCG e líder da prática de marketing no Brasil, Eduardo Leone.

Evoluir na jornada de marketing orientado a dados demanda evolução de natureza tecnológica e organizacional, e não há receitas prontas. A evolução do nível de maturidade requer

esforços em quatro dimensões-chave:

Targeting Baseado em Dados: alavancar diversas fontes de dados para gerar insights e guiar o acionamento preciso dos consumidores;

Ativação Automatizada e Personalizada: executar compra de mídia com agilidade e entregar mensagens personalizadas em larga escala;

Mensuração & Atribuição: medir, atribuir e gerenciar resultados ao longo de todos os pontos de contato do cliente para maximizar retorno;

Organização e Colaboração: integrar times multidisciplinares e parceiros de forma ágil, por meio de uma cultura test & learn.




Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

21/07/2018
CasaCor Minas começa em agosto
Edição deve atrair cerca de 50 mil pessoas até setembro e gerar 550 novos negócios
21/07/2018
Empresas usam redes como ferramenta de gestão
Nos últimos três anos, os pequenos negócios no Brasil apostaram na informatização e na utilização de novas ferramentas digitais, em especial nas...
21/07/2018
Profissionais precisam reagir com ânimo à crise
O cenário político e econômico atual faz com que instabilidade tome conta nas empresas. O resultado disso são as várias demissões que ocorrem, deixando um...
21/07/2018
IDEIAS | A melhor forma para se tornar uma empresa inovadora
O mundo está cada vez mais dinâmico e os consumidores mais empoderados. Por isso, inovar é o caminho natural das empresas, que precisam estar em constante...
21/07/2018
Funcionários não conseguem se desligar do trabalho durante as férias
Manter completa distância do trabalho durante o período de férias talvez seja coisa do passado. De acordo com uma pesquisa da Robert Half realizada em maio de 2018, com base...
› últimas notícias
Exportações de soja devem ser recorde no próximo ano
Renovação da concessão da EFVM pode ser resolvida na Justiça
Pessimismo aumenta na indústria mineira
Minas mantém sequência de superávit
Brasil fecha 661 vagas com carteira assinada
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


21 de julho de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.