20/08/2018
Login
Entrar

Economia

14/06/2018

Restaurantes comemoram movimento no Dia dos Namorados

Para alguns estabelecimentos da Capital, fluxo de clientes foi até cinco vezes maior na data
Ana Amélia Hamdan
Email
A-   A+
Ao contrário do aumento nas vendas observado por bares e restaurantes, o varejo não sentiu melhora no comércio/
O Dia dos Namorados aqueceu o movimento nos restaurantes de Belo Horizonte, mas o mesmo não aconteceu com o comércio na Capital. Empresários que estão à frente dos restaurantes relataram à reportagem aumento no movimento de até cinco vezes na última terça-feira – 12 de junho – em relação a um dia de semana comum. Já comerciantes de roupas e calçados, entre outros itens, informaram que os resultados foram iguais ou piores que os do ano passado.

No tradicional restaurante Vecchio Sogno, no Santo Agostinho (Centro-Sul), houve aumento de 7% no movimento, em relação ao ano passado, segundo informou ontem o chef Ivo Faria. “Foi uma noite boa e tranquila, com clientes de perfil jovem”, observou o chef. Segundo ele, cerca de 70% das pessoas que foram ao restaurante na noite de terça-feira tinham menos de 40 anos de idade. Ele acredita que o jovem vem valorizando cada vez mais a experiência gastronômica, o que favorece a frequência dessas pessoas nos restaurantes.

Ivo Faria ressalta o apelo da data. “Muitas vezes, sair, levar a pessoa a um ambiente agradável, passar pela experiência gastronômica é mais significativo do que um presente”, diz. E, segundo ele, há alguns casais que passaram o Dia dos Namorados juntos na casa e hoje comemoram o aniversário de casamento por lá.

Outra casa que registrou aumento significativo no movimento foi o SantaFé, no Funcionário (Centro-Sul). No restaurante, as vendas triplicaram no Dia dos Namorados em relação a um dia de semana comum, segundo informou o proprietário da Rede Gourmet, Agilberto Martins. Fazem parte da Rede Gourmet, além do SantaFé, a Pizzaria Olegário e o Restaurante Udon.  Nesses dois últimos, os resultados também foram positivos, com o dobro do movimento. “Correspondeu à expectativa”, disse Martins.

Leia também:
Vendas decepcionam o comércio


No Cabernet Butiquim – com unidades na Savassi e no Belvedere (Centro-Sul), os resultados também foram positivos. No Cabernet Belvedere, que foi recentemente inaugurado, o movimento foi cinco vezes maior do que o de um dia de semana comum, segundo o proprietário Pablo Teixeira. Na Savassi, a noite começou com todas as mesas reservadas.

Normalmente, a casa não trabalha com menu fechado, mas ofereceu essa opção devido à data. “É um movimento diferente, principalmente de casais. Então, essa opção fica interessante”, explica. Teixeira avalia que a casa não sente os impactos da crise, porque tem a proposta de oferecer uma boa relação custo/benefício, oferecendo vinhos com preços mais acessíveis.

Na pizzaria La Vera, também no Centro-Sul, o movimento ficou acima do previsto, segundo informou o proprietário, Leonardo Fontanelli. A casa ofereceu a opção do menu fechado. “Foi um dia bom. Trabalhamos para não deixar os clientes esperando muito.

Acho que ficou todo mundo feliz”, diz. Normalmente, a pizzaria não abre às terças-feiras, mas funcionou no dia 12 devido ao Dia dos Namorados. O movimento foi semelhante ao de uma sexta-feira.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

18/08/2018
ABC da Construção planeja ganhar mercados
Associação com a ConstruBrasil pode gerar desenvolvimento de produtos, redução de custos e preços
18/08/2018
Empresa alerta para risco de desabastecimento de diesel
Rio de Janeiro - A Petrobras avalia que a nova fórmula proposta pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) para calcular o...
18/08/2018
Avanço do e-commerce não incomoda shoppings
Evento internacional reúne executivos e acionistas em São Paulo
18/08/2018
Cenário da economia é visto como ruim por 83,9% dos consumidores
São Paulo - O pessimismo dos consumidores sobre o momento da economia brasileira chegou no mês passado ao maior nível do ano, segundo sondagem feita pela...
18/08/2018
País tem vários fatores detendo produtividade, acredita secretário
Brasília - O secretário de Promoção da Produtividade e Advocacia da Concorrência do Ministério da Fazenda, João Manoel Pinho de Mello, avaliou na...
› últimas notícias
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


18 de agosto de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.