Publicidade
13/12/2017
Login
Entrar

Legislação

08/12/2017

Ações evitaram prejuízo de R$ 411 milhões

AE
Email
A-   A+
São Paulo - Balanço divulgado pela Controladoria-Geral da União na quinta-feira mostra que, em 2017, o governo expulsou 431 servidores, sendo 66% por “prática de atos relacionados à corrupção”. O documento destaca que no âmbito de 60 operações especiais - em parceria com a Polícia Federal e a Procuradoria - foi evitado prejuízo aos cofres públicos estimado em R$ 411 milhões....

Exclusivo para assinantes.


Para ler esta e outras matérias, cadastre-se gratuitamente ou assine.

Ler 5 matérias por mês

     

Receber nossas newsletters



Assinar
Cadastrar

Ou faça login

Leia também

13/12/2017
Minas Gerais pode reforçar caixa com até R$ 2,5 bilhões
Securitização de créditos tributários e não tributários garantiria recursos; 50% iriam para a Previdência
13/12/2017
Aprovada PEC que amplia prazo de precatórios
Brasília -   O Senado aprovou ontem Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que estende de 2020 para 2024 o prazo para que Estados, o Distrito Federal e os...
13/12/2017
Padronização do ISS avança
Brasília – O Senado aprovou ontem projeto que define um padrão nacional para o recolhimento do Imposto Sobre Serviços (ISS). A proposta, aprovada por unanimidade no...
12/12/2017
Arrecadação cresce no acumulado do ano
De janeiro a novembro, recolhimento em Minas foi de R$ 51,313 bi, alta real de 7,6% ante igual período de 2016
12/12/2017
Gastos da União e dos estados com saúde aumentaram 1.300% entre 2008 e 2015
O secretário de controle externo da Saúde do Tribunal de Contas da União (TCU) Marcelo André Barboza da Rocha disse, durante a audiência pública sobre...
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.