Publicidade
13/12/2017
Login
Entrar

Opinião

12/10/2017

A trampolinice olímpica

Aristoteles Atheniense*
Email
A-   A+
A recente detenção de Carlos Arthur Nuzman, com repercussão internacional, não significa que o dirigente esteja fadado a responder a um processo equivalente à gravidade da trapaça cometida. Agora, com o decreto de sua prisão preventiva pelo juiz Marcelo Bretas, a situação do esportista tornou-se ainda mais grave. Na semana passada, uma Comissão de Atletas, bem relacionada com o Comitê Olímpico Brasileiro...

Exclusivo para assinantes.


Para ler esta e outras matérias, cadastre-se gratuitamente ou assine.

Ler 5 matérias por mês

     

Receber nossas newsletters



Assinar
Cadastrar

Ou faça login

Leia também

13/12/2017
Editorial
Excessos intoleráveis
13/12/2017
O poder corrompe?
A corrupção é um mal internacional que ataca praticamente todos os governos, em maior ou menor grau. Como disse um jurista, é um “vício resultante da...
13/12/2017
Os novos rumos da gestão hospitalar
Muito se fala sobre a qualidade e o tempo de espera para um atendimento médico nas redes privada e pública, entretanto discutimos pouco sobre a importância de haver bons...
13/12/2017
Brutalidade criminal
É tão triste quanto espantoso o número de policiais mortos no cumprimento do seu dever, em confrontos com o crime, para proteção da sociedade e manter ainda...
12/12/2017
Augusto Cesar e a liberdade de crença
"Ele apresentava acentuada preocupação por temática brasileira na programação." (Artur da Távola) É provável que, neste...
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.