Publicidade
23/11/2017
Login
Entrar

DC Mais

17/03/2017

Agenda Cultural

Email
A-   A+
Manoel de Barros

Para a criançada - A exposição Manoel de Barros: das raízes crianceiras às coisas olhadas de azul, promovido em parceria com o Colégio Loyola, que completa 74 anos de existência, homenageia o centenário do poeta mato-grossense por meio de uma série de poemas do escritor que tratam da infância, da natureza e exploram aspectos cotidianos da existência.
Quando: De 18 de março (Sábado) a 29 de abril
Quanto: Entrada Franca
Onde: Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa – Setor Infantojuvenil (Praça da Liberdade, 21, Funcionários, Belo Horizonte)

Carros Puma

Exposição - A Praça Dino Barbieri receberá uma exposição de carros Puma, do Clube dos Pumas de Minas Gerais, para entreter ainda mais o público. Além dos carros Puma, outros automóveis antigos farão parte da exposição, que também terá a presença de artistas-plásticos produzindo ao vivo e de exposição de objetos antigos.
Quando: Domingo (19), a partir das 9h
Quanto: Entrada Gratuita
Onde: Praça Dino Barbieri, em frente à Igrejinha da Pampulha, em Belo Horizonte

Carminho

Tom Jobim - O espetáculo “Carminho canta Tom Jobim” chega a Belo Horizonte para única apresentação. O projeto CD e show tem direção musical e arranjos de Paulo Jobim, e, segundo a cantora, tudo foi concebido e gravado com muita dedicação e calma. “Estive em um encontro com a família Jobim, no ano passado, no qual pude repartir esse amor que sinto por sua obra e houve esse convite.
Quando: Dia 26, às 20h
Quanto: Ingressos disponíveis nas bilheterias do teatro e por venda on-line no site
Onde: Grande Teatro - Palácio das Artes (Avenida Afonso Pena, 1.537, Centro, Belo Horizonte)

Carmina Burana

Cantata cênica - O Núcleo de Música Coral UFMG apresenta a cantata cênica Carmina Burana, com direção geral do artista, pesquisador e professor Ernani Maletta e linguagens da música e do teatro, unindo 230 artistas no palco (cantores, atores e instrumentistas). Baseada em poesias latinas medievais que mesclam sagrado e profano, a montagem mineira é inspirada em filme do cineasta Jean-Pierre Ponnele, de 1975.
Quando: De 24 a 26 de março (Sexta a domingo)
Quanto: R$ 15 (Inteira) e R$ 7,50 (Meia entrada)
Onde: Grande Teatro do Sesc Palladium (Rua Rio de Janeiro, 1.046, Centro, Belo Horizonte).

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

23/11/2017
Falhas banais em hospitais causam 829 mortes diárias
Falhas banais como erros de dosagem ou de medicamento, uso incorreto de equipamentos e infecção hospitalar mataram 302.610 pessoas nos hospitais públicos e privados brasileiros...
23/11/2017
Curtas DC Mais 23/11
A Força das Mulheres Cada vez mais as mulheres têm se lançado como empreendedoras no País. Nos últimos 14 anos, o número de empresárias subiu...
23/11/2017
Agenda Cultural 23/11
António Zambujo Show - O cantor português António Zambujo traz a BH seu mais novo show, “Até pensei que fosse minha”, que reúne...
22/11/2017
Banco Mundial defende fim do 3º grau gratuito
Brasília - Para cortar gastos sem prejudicar os mais pobres, o governo deveria acabar com a gratuidade do ensino superior. Essa é uma das sugestões apresentadas no...
22/11/2017
Curtas DC Mais 22/11
Siprocimg: nova diretoria O Sindicato das Indústrias de Produtos de Cimento do Estado de Minas Gerais (Siprocimg) realiza amanhã, às 19h30, a cerimônia de posse de...
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.