17/08/2018
Login
Entrar

DC Inovação

16/03/2018

Anjos do Brasil fecha acordo com o WBAF

Thaíne Belissa
Email
A-   A+
Receber investimento anjo no Brasil é a aspiração de quase todas as startups. Mas receber aporte de um investidor no exterior, que traz consigo know how para a internacionalização do negócio é um sonho vivido por poucas empresas no País. A fim de mudar essa realidade e encurtar o caminho das startups até os investidores estrangeiros, a Anjos do Brasil assinou, há poucas semanas, um acordo com o World Business Angel Forum (WBAF), fórum mundial de investimento anjo. Por meio dele será possível a troca de oportunidades de investimento cross-border (entre fronteiras).

O presidente da Anjos do Brasil, Cassio Spina, explica que essa parceria já vinha sendo trabalhada desde o ano passado, mas a instituição aproveitou o congresso anual da WBAF, realizado em fevereiro, em Istambul, para formalizar o acordo. De acordo com o executivo, a parceria permite que startups brasileiras tenham acesso aos investidores conectados pelo WBAF em todo o mundo, assim como investidores afiliados ao Anjos do Brasil apoiem startups estrangeiras.

“A WBAF é uma entidade global de fomento ao empreendedorismo e ao investimento anjo. Ser parceiro de uma instituição assim é muito importante porque nos permite ajudar startups brasileiras a internacionalizarem, além de trazer tecnologia do exterior”, explica. Segundo ele, a internacionalização é possível porque, muito mais que recursos financeiros, os investidores estrangeiros trazem consigo conhecimento do mercado onde estão, além de uma extensa rede de networking, que são essenciais para uma empresa que pretende expandir para fora.

De acordo com o presidente, qualquer startup que queira desfrutar da parceria pode submeter um projeto no site da Anjos do Brasil. Caso seja aprovado, a instituição inicia uma busca na WBAF de possíveis investidores. Já os investidores brasileiros interessados no acordo para acessar startups do exterior devem se filiar a Anjos do Brasil. “Para os investidores brasileiros essa é uma oportunidade interessante também porque amplia suas possibilidades de conexões e dá acesso à tecnologia do exterior”, completa.

Spina destaca que, por ser global, a WBAF oferece muitas possibilidades de negócios, que vão além dos mercados mais óbvios, que são os Estados Unidos e a Europa. “Há países com grande demanda e que são menos concorridos, como é o caso da Índia”, sugere. Ele acredita que o mercado de startups e de investimento anjo no Brasil é bem-visto no exterior, mas precisa ser melhor divulgado. Ele acredita que o acordo pode ajudar a atrair olhares de investidores estrangeiros para o País.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

16/03/2018
Americana Airfox investe US$11,5 mi na expansão para o País
Negócio promete crédito sem burocracia às classes D e E
16/03/2018
BeeCâmbio negocia 22 moedas on-line
Comprar moeda estrangeira em Belo Horizonte ficou mais fácil com a chegada da startup paulista BeeTech à Capital. Por meio do seu produto BeeCâmbio, a empresa oferece a compra e...
21/02/2018
Empresas tradicionais se rendem à cultura das startups
Desejo de mudança acontece quando elas se sentem ameaçadas
21/02/2018
Seed impacta economia gerando emprego e negócios
Considerado um dos maiores projetos públicos de aceleração de startups da América Latina, o Startups and Entrepreneurship Ecosystem Development (Seed) deve abrir, nas...
21/02/2018
Cresce confiança de líderes em inovação
São Paulo - A GE divulgou os resultados do Barômetro de Inovação Global de 2018. Intitulado de “Do caos à confiança: players, tecnologias e desafios...
› últimas notícias
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


17 de agosto de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.