19/07/2018
Login
Entrar




Política

12/07/2018

Antonio Anastasia define coordenadores de campanha

Agência Estado
Email
A-   A+
O pré-candidato ao governo de Minas Gerais nas eleições de 2018, Antonio Anastasia (PSDB), anunciou ontem os três nomes que serão responsáveis por coordenar sua campanha: seu pré-candidato a vice, Marcos Montes (PSD), seu atual suplente no Senado, Alexandre Silveira (PSD), e o economista Luiz Antônio Athayde.

“Será uma campanha rápida e franciscana, com poucos recursos. Optamos, portanto, pela formação de uma equipe enxuta que trabalhará de forma harmônica, unida e eficiente sob minha coordenação”, afirmou o Anastasia, por meio de sua assessoria de imprensa.

Ex-subsecretário de Investimentos Estratégicos do governo de Minas Gerais nas gestões de Aécio Neves e de Anastasia, Luiz Antônio Athayde será o responsável pela formulação do programa de governo. Enquanto esteve na subsecretaria, o economista era responsável por administrar as parcerias público-privadas (PPPs) do governo estadual.

Com a entrada de Athayde na campanha, a tendência é que o programa de governo tenha características desenvolvimentistas. O economista tem um bom relacionamento com a iniciativa privada e o programa pode incluir concessões e investimento em PPPs.

Natural de Uberaba, no Triângulo Mineiro, o deputado federal Marcos Montes será o responsável pela coordenação política, servindo como interlocutor de Anastasia em relação às lideranças do interior de Minas, articulando a campanha tucana com prefeitos, vereadores e pré-candidatos a deputado. A campanha de Anastasia, no entanto, não terá coordenadores regionais.

Alexandre Silveira, que pode se tornar senador caso o pré-candidato vença a eleição, será o responsável por gerir a logística e infraestrutura da campanha.

Anastasia contará ainda com um conselho político, que terá a participação dos presidentes dos partidos que compõem sua coligação. Domingos Sávio (PSDB), Diego Andrade (PSD), Noraldino Júnior (PSC), Raimundo Benoni (PPS), Dilzon Melo (PTB) e Zé Silva (Solidariedade), integrarão o conselho, que terá como missão definir a formação da chapa proporcional, além das vagas de suplentes dos senadores da coligação.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

19/07/2018
TRF-4 condena mulher de Cunha
Absolvição de Cláudia Cruz por Moro da acusasão de evasão de divisas é revista
19/07/2018
Ex-diretor da OAS continuará preso
São Paulo - Em decisão liminar, a presidente do Superior Tribunal de Justiça , ministra Laurita Vaz, indeferiu pedido de declaração de nulidade da...
19/07/2018
Indicação para vice de Bolsonaro é barrada
General Augusto Heleno chegou a ser anunciado mas a cúpula do PRP rejeitou convite para chapa
19/07/2018
Executiva do PTB aprova apoio a Geraldo Alckmin
Brasília - A Executiva Nacional do PTB aprovou ontem, por unanimidade, o apoio ao candidato do PSDB à Presidência, Geraldo Alckmin , e a decisão será levada...
19/07/2018
Acordo entre prefeitura de SP e Odebrecht é homologado
São Paulo - O juiz José Gomes Jardim Neto, da 9ª Vara da Fazenda Pública de São Paulo, homologou o termo de autocomposição entre Ministério...
› últimas notícias
Indústria pode recorrer à Justiça por repasse de verbas
Antecipação do abono anima CDL-BH
Em Minas, setor automotivo espera impulso com o Rota 2030
PBH cumpre 1ª etapa de auditoria
Demanda por cães de guarda cresce em BH
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


19 de julho de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.