Publicidade

Opinião

11/01/2017

Aonde vamos?

Amadeu Roberto Garrido de Paula*
Email
A-   A+
Daria meu reino (se o tivesse) para não escrever estas linhas. O crime organizado, segundo a ONU, fatura entre 3 e 4 trilhões, dos quais o narcotráfico 1 trilhão. Impossível, sem conexão com o sistema bancário. As repugnantes condições carcerárias do Brasil fomentam a formação de organizações dentro dos próprios presídios. O preso se organiza para sobreviver. O governador...

Exclusivo para assinantes.


Para ler esta e outras matárias, cadastre-se gratuitamente ou assine.

Ler 5 matérias por mês

     

Receber nossas newsletters



Assinar
Cadastrar

Ou faça login

Leia também

21/01/2017
Editorial
Retrocesso na Lava Jato
21/01/2017
O imponderável e as grandes interrogações
A morte do ministro Teori Zavascki cobre o País com um manto de tristeza. Primeiro, pelo imponderável que volta a acinzentar o nosso horizonte com sombras cheias de...
21/01/2017
Enfim, uma bela comédia musical
"Os produtores de filmes andam meio esquecidos dos espetáculos musicais, o que é uma pena." (Antônio Luiz da Costa, educador) Os apreciadores das fantasias...
21/01/2017
Penitenciárias e escolas
Não há quem não tenha ficado horrorizado com as rebeliões ultimamente ocorridas em vários presídios do nosso País. A forma de vingança...
20/01/2017
Editorial
Crise no sistema prisional do País
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.