Publicidade
24/05/2018
Login
Entrar

Agronegócio

15/05/2018

Após investigações, JBS vai inaugurar laboratório de controle de qualidade

Reuters
Email
A-   A+
São Paulo - A JBS inaugura no Pará no próximo semestre um laboratório de controle de qualidade e está modernizando outras seis instalações de análise pouco mais de um ano após o surgimento da Operação Carne Fraca, da Polícia Federal, que envolveu grandes nomes do setor em investigações sobre irregularidades sanitárias.

O novo laboratório faz parte de um plano de R$ 5 milhões da JBS em investimentos para modernizar e agilizar processos internos voltados ao controle de qualidade de seus produtos. Anualmente, a empresa investe cerca de R$ 65 milhões na área de qualidade da divisão de carnes.

A nova unidade de análise será aberta em Redenção (PA) e será a segunda construída em menos de um ano pela companhia. Desde outubro de 2017, entrou em operação um novo laboratório em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. No total, a empresa tem 10 laboratórios, incluindo unidades recém-construídas.

A diretora de garantia da qualidade da JBS Carnes, Emilia Raucci, disse que a companhia começou a planejar a construção e modernização de seus laboratórios antes de todas as perturbações geradas no mercado brasileiro pelas investigações da Polícia Federal. Segundo ela, a decisão de investir nas mudanças foi tomada no final de 2016. “Tomamos a decisão para termos os resultados mais rápidos, com confiabilidade maior”, disse.

Em março de 2017, as Polícia Federal deflagrou a operação Carne Fraca, com as investigações apontando que fiscais recebiam propina para emitir certificados sanitários sem fiscalização efetiva. Entre as companhias citadas estavam JBS e BRF. Apesar de alguns erros na divulgação das informações, a operação foi suficiente para arranhar a imagem de qualidade dos produtos do País e afetar o desempenho das companhias.

A Carne Fraca ainda teve outras duas fases (maio de 2017 e março de 2018), mas sem citar o grupo JBS.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

24/05/2018
Greve interrompe produção em Minas
A avicultura já está sendo afetada pela paralisação dos caminhoneiros, faltando alimento para 2 milhões de aves
24/05/2018
Preços abusivos encarecerão alimentos, critica a Faemg
Em nota oficial, divulgada ontem, o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Minas Gerais (Faemg), Roberto Simões, apresentou a posição da...
24/05/2018
Custos de grãos preocupam a suinocultura
A paralisação dos caminhoneiros também está deixando os suinocultores de Minas Gerais apreensivos. Apesar de ainda não estar faltando insumos para a...
23/05/2018
Comunidade de Sem-Peixe investe R$ 110 mil em cozinha comunitária
Financiamento é da Fundação Banco do Brasil e BNDES
23/05/2018
Greve dos caminhoneiros afeta abastecimento
São Paulo - A greve dos caminhoneiros, iniciada na terça-feira (21), está afetando o abastecimento em vários estados, segundo a Associação Brasileira de...
› últimas notícias
Preço do etanol acompanha alta da gasolina na Capital
Plano Diretor da Capital é questionado
Sem acordo, caminhoneiros decidem continuar greve
Biomm aciona Anvisa para liberar remédio
Quatro de cada cinco empresas do País planejam investimentos para este ano
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


23 de maio de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.