25/06/2018
Login
Entrar

Negócios

21/02/2018

App Boca a Boca já tem dois mil usuários

Thaíne Belissa
Email
A-   A+
Um lugar para passar as férias, um bom restaurante, um serviço de assistência mecânica de confiança. Não importa qual a necessidade: o hábito de pedir indicação está sempre presente entre amigos e conhecidos que não querem ter dor de cabeça com produtos ou serviços de má qualidade. Enxergando nesse costume uma oportunidade de negócio, os empreendedores de Minas Gerais, Denis Miranda e Filipe Guedes, criaram o “Boca a Boca”, aplicativo que remunera pessoas que indicam clientes para empresas.

A startup tem apenas oito meses, mas já opera com dois mil usuários e 70 empresas cadastradas. De acordo com Miranda, o que a plataforma faz é organizar o que já acontecia informalmente, de forma que todos os envolvidos na cadeia ganham. “Sabemos que as empresas têm dificuldade de conquistar novos cientes. Por outro lado, os clientes já conquistados costumam fazer indicações do que gostam, mas isso mão é mensurável. O que fazemos é identificar esses clientes que indicam e bonificá-las por esse serviço, estimulando essa ação da indicação”, explica.

Para indicar um cliente em potencial a uma empresa basta que o usuário se cadastre na plataforma, escolha a empresa para quem pretende indicar o cliente e preencha um pequeno campo com o nome e o telefone do indicado. A plataforma do Boca a Boca envia uma mensagem à pessoa indicada confirmando se ela tem interesse nisso e, se tiver, envia a indicação à empresa. A empresa fará contato com o cliente em potencial e, se fechar negócio, uma comissão é enviada ao usuário que indicou.

Segundo Miranda, a startup tem duas formas de monetizar seu negócio. A primeira delas é cobrando 30% da comissão do usuário. A segunda é com uma anuidade de R$ 149,90 das empresas que se cadastram na plataforma. O empreendedor lembra que a plataforma é uma maneira eficiente de busca de clientes, já que os consumidores se baseiam, cada vez mais, na confiança para a escolha de um produto ou serviço.

De acordo com o empreendedor, até o momento a plataforma já registrou 1.143 indicações, das quais 61 resultaram em compras efetivas. Miranda afirma que o número ainda é baixo porque a plataforma é nova e pouco conhecida. A expectativa dele é de que, e, 2018, esses números cresçam. A meta dos sócios é chegar ao fim do ano com 100 mil usuários e três mil empresas cadastradas. Para alcançar esses objetivos, os empreendedores planejam abrir rodadas de investimento.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

23/06/2018
Franchising também é lugar de inovação
Padronização das operações pode servir para replicar as mudanças de forma mais ágil nas empersas
23/06/2018
Grandes redes são confundidas com franquias
Empresas se expandem com operações padronizadas e capilaridade semelhante ao do setor
23/06/2018
Clinicerta inaugura a sua primeira unidade em BH
Investimento totalizou R$ 1,2 mi
23/06/2018
Outback privilegia seus funcionários
Com 92 restaurantes espalhados em 38 cidades e 15 estados do Brasil, a rede de restaurantes Outback Steakhouse também se destaca por sua padronização em atendimento,...
23/06/2018
Leitura: expansão por meio de sócios
A rede mineira de livrarias Leitura é outro exemplo de empresa que garantiu sua capilaridade em Minas Gerais sem adotar o modelo de franquia. A empresa também já está em...
› últimas notícias
Torcida não aquece as vendas no hipercentro
Prestadoras de serviços terrestres cogitam dispensa de pessoal com reoneração
Liminar contrária não abala Mendes Júnior
Primeiro leilão da Aneel prevê R$ 6 bi
BR Distribuidora aguarda decisão do TRT para mensurar os impactos
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


23 de junho de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.