22/07/2018
Login
Entrar




DC RH

26/07/2014

Áreas de convivência trazem benefícios

Espaços para momentos de lazer ajudam profissionais a trabalhar melhor e mais motivados
Email
A-   A+
O Colégio ICJ escolheu um ambiente aberto e construiu o Ecoparque para ser o espaço de convivência dos alunos/Divulgação
As últimas pesquisas divulgadas reforçam o que especialistas de Recursos Humanos já tentam mostrar aos gestores há alguns anos: profissionais motivados trabalham melhor. Para valorizar o capital humano e converter esse estímulo em produtividade, não basta investir em salário, mas também em bem-estar no ambiente de trabalho. Um estudo da Right Management, consultoria norte-americana de recursos humanos, revelou que investir em saúde e em comodidade do colaborador pode aumentar a produtividade em até 50%. A Google foi eleita uma das melhores empresas para se trabalhar por oferecer salas de massagem e academias de ginástica, entre outras ações, para sua equipe. Uma solução que vem sendo bastante utilizada, nesse contexto, são as salas de convivência.

Ambientes mais acolhedores e equipados com mobiliário aconchegante e despojado, assim como salas de convivência, funcionam como uma válvula de escape para os funcionários fazerem uma pausa para descansar, se distrair e se sociabilizar com os colegas. Além de um trabalho mais eficiente, a empresa também ganha uma equipe mais integrada e fortalecida. As instituições de ensino também têm implantado esse tipo de projeto para seus alunos. Há mais de dois anos, a Faculdade Cotemig criou uma sala de convivência para os estudantes terem um espaço descontraído para conversa, diversão e descanso. A sala é equipada com computadores, pontos de acesso para notebook, TV de plasma 50 polegadas, pufes, mesas e acesso wi-fi.

"A maior parte dos alunos da faculdade trabalha o dia todo e estuda à noite.  uma rotina muito pesada. A intenção é garantir um ambiente para distração e relaxamento antes das aulas e durante o intervalo. O novo espaço foi necessário, uma vez que nos laboratórios de informática os alunos têm acesso apenas a softwares técnicos e a biblioteca foge desse perfil por exigir silêncio para pesquisas e leitura. A sala de convivência permite conversar, estudar, ler, assistir TV, acessar internet, ou seja, fazer uma pausa. Tudo para chegar às aulas mais dispostos e motivados", analisa a diretora executiva do Grupo Cotemig, Moema Belo.

Os ambientes ao ar livre também são boas opções para receberem funcionários e clientes. O espaço gourmet da Reciclo Comunicação funciona como um ponto de encontro entre publicitários da agência e clientes. "Quando mudamos nossa sede para uma casa espaçosa, resolvemos aproveitar a área nos fundos para criar um pequeno lounge, acompanhado por bar. Mesmo coberto, o quintal é arejado e preserva algumas plantas e árvores, o que o torna muito agradável. Frequentemente realizamos pequenos eventos para os clientes, fazendo com que as reuniões de trabalho, um tanto quanto impessoais, ganhem descontração e charme. Conseguimos fechar negócios em um clima mais leve nesse espaço de convivência", conta o presidente da Reciclo Comunicação, Marcone Procópio.

Leia também

Comece antes que seja tarde
IDEIAS | 'Femômeno-Ilha" pode afetar crescimento prodissional
Carreira vs. filhos preocupa 42% das mulheres
Profissionais mais maduros ganham espaço
Ampliação de equipe é algo bom

Natureza - A escolha de um ambiente aberto também foi feita pelo Colégio ICJ. A escola inovou com o Ecoparque - um espaço desenvolvido pelo arquiteto André Pena. "O Ecoparque é utilizado por crianças e adolescentes dos ensinos fundamental ao médio. Sabemos da importância de entreter os alunos com atividades pedagógicas variadas. Criamos quatro salas de aula ao ar livre para os alunos poderem se sentar em bancos, cobertos por toldos, e entrarem em contato com a natureza. Nesse parque as aulas são ministradas cercadas de árvores frutíferas e plantas tropicais, algumas em extinção, como o Pau Brasil. Essa área externa permite a realização de atividades lúdicas e pedagógicas, como debates e aulas de arte, tornando o processo educacional mais rico e prazeroso", detalha a diretora pedagógica do Colégio ICJ, Christina Fabel.

O Number One Franchising também criou um espaço de convivência para os colaboradores. "O objetivo da sala é proporcionar um ambiente para as pessoas descansarem, interagirem, conversarem, realizarem alguma atividade nos momentos de folga, como no horário do almoço. O espaço tem colchonetes e travesseiros para aqueles que preferem cochilar antes de voltar ao trabalho, baralho, tevê a cabo, pufes, mesa e som.  uma sala confortável e que ajuda os colaboradores a descontraírem. Assim, a volta ao trabalho acaba sendo mais motivadora e o colaborador, com a cabeça e o corpo descansados, trabalha mais feliz e melhora a qualidade do serviço", destaca a gerente de recursos humanos, Izabel Oliveira.  (DA REDAÇÃO)


Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

20/03/2018
Comece antes que seja tarde
Sem fluxo de caixa e investimento, empresas não conseguem se recuperar
20/03/2018
IDEIAS | 'Femômeno-Ilha" pode afetar crescimento prodissional
Você conhece ou já trabalhou em uma empresa com muitos anos de vida e que mantém seu modelo de gestão engessado? E com um colega que atua há muito tempo em um...
14/03/2018
Carreira vs. filhos preocupa 42% das mulheres
Colaboradoras se sentem preteridas para oportunidades no retorno ao trabalho depois da maternidade
14/03/2018
Profissionais mais maduros ganham espaço
Conhecimento, experiência, sabedoria, autoridade moral e capacidade de liderança são algumas das principais qualidades que podem ser encontradas em profissionais mais maduros ou...
14/03/2018
Ampliação de equipe é algo bom
Ampliar sua equipe é um ótimo sinal. Um excelente indicativo de que a empresa segue no caminho certo e, por conta do aumento de demandas e confiança dos clientes, precisa de...
› últimas notícias
Exportações de soja devem ser recorde no próximo ano
Renovação da concessão da EFVM pode ser resolvida na Justiça
Pessimismo aumenta na indústria mineira
Minas mantém sequência de superávit
Brasil fecha 661 vagas com carteira assinada
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


21 de julho de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.