21/06/2018
Login
Entrar

DC Turismo

12/08/2017

Azul retomará voos entre BH e Orlando a partir de dezembro

Rota foi suspensa em fevereiro de 2016
Thaíne Belissa
Email
A-   A+
Passageiros de Goiás e dos estados do Nordeste terão o menor tempo de conexão no voo da Azul/Divulgação
Os mineiros já podem se preparar para voar direto de Belo Horizonte para Orlando, nos Estados Unidos. A volta da rota direta a partir do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, na região metropolitana da Capital, foi anunciada sexta-feira pela Azul Linhas Aéreas. De acordo com a companhia, a expectativa é de que a operação retorne a partir do dia 3 de dezembro, sendo quatro voos por semana na alta temporada e três voos por semana na baixa temporada.

A rota foi inaugurada em Belo Horizonte em novembro de 2015 e ficou em operação até fevereiro de 2016. Segundo o vice-presidente de Receitas na Azul, Abhi Shah, a rota precisou ser retirada devido à baixa demanda provocada, principalmente, pela alta do dólar e pela crise econômica, que gerou retração no consumo. “A demanda de viagens para o exterior caiu muito e entendemos que era preciso esperar um momento melhor para manter essa rota. Acredito que esse momento é agora: a procura por viagens para os Estados Unidos cresceu e o dólar estabilizou”, diz. Além disso, Shah afirma que os clientes demandaram muito a volta da rota, o que também foi considerado.

A companhia submeteu o pedido de voos à aprovação das autoridades brasileira e americana e aguarda para dar início à venda dos bilhetes. Mas o vice-presidente explica que isso é apenas um trâmite burocrático e que, em até três semanas, a Azul deve começar a vender as passagens. O início da operação está marcado para o dia 3 de dezembro. Ao ser questionado se, desta vez, a rota vai mesmo permanecer, Shah garante que essa é a intenção da companhia, que está otimista com a operação. “Nossos voos estão sempre cheios e estamos esperando o mesmo resultado para essa rota”, diz.

De acordo com a Azul, serão quatro voos por semana durante a alta temporada e três por semana na baixa temporada. Na alta temporada, os voos serão às segundas, quartas, sextas e domingos, saindo às 23h55 de Belo Horizonte e chegando às 6h em Orlando. Na volta, os voos saem às 8h15 de Orlando e chegam às 19h45 em Belo Horizonte. Já na baixa temporada, os voos de ida serão às quartas, sextas e domingos, saindo de Confins às 10h30 e chegando a Orlando às 18h20. Os voos de volta serão às terças, quintas e sábados, saindo às 22h30 e chegando às 8h.

A aeronave que fará o trajeto é o Airbus A330, o maior da frota da Azul. Os clientes poderão escolher entre em três classes de serviço: Azul Business Class, Economy Xtra e Economy, além do SkySofa, espaço na aeronave em que um grupo de quatro poltronas se transformam em uma cama.

Conexão - Daniel Bircher,  diretor de Operações da BH Airport, concessionária que administra o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, comemora a retomada da rota e afirma que a oferta beneficiará tanto os belo-horizontinos quanto mineiros de cidades do interior do Estado e também passageiros de cidades fora do Estado. Isso porque o voo Belo Horizonte-Orlando fará conexão com outras rotas. “Passageiros que vierem do interior, mas também da Bahia, Goiás e de outros estados do Nordeste encontrarão nesse voo o menor tempo de conexão”, afirma.

Ele destaca que a concessionária vem atuando junto às companhias aéreas a fim de mostrar o potencial de atração de passageiros no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte. “Trabalhamos com as companhias dentro de três pilares: o primeiro é o de integração regional, que é focado nas cidades mineiras; o segundo é voltado para a ligação de Belo Horizonte a outras capitais; e o terceiro pilar é focado nos voos internacionais. A retomada do voo da Azul é fruto das negociações desse terceiro pilar”, diz.

O diretor também comentou que a expectativa é de que, desta vez, a rota permaneça após a alta temporada. Ele acredita que a retomada do crescimento econômico e a estabilidade do câmbio devem favorecer a manutenção.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

16/06/2018
Cidade de São Paulo se reiventa como destino turístico e colhe os resultados
Toni Sando de Oliveira, presidente do Visite São Paulo e da União Nacional dos CVBs e Entidades de Destinos
16/06/2018
Cursos do MTur recebem milhares de inscrições
O Ministério do Turismo oferece aos interessados em impulsionar a carreira uma oportunidade de qualificação gratuita por meio das plataformas de ensino a distância Brasil...
31/05/2018
Onda de frio deve atrair turistas para o Sul de Minas
Temporada anima municípios
31/05/2018
Cidades apostam no setor para impulsionar a economia
No alto da Serra da Mantiqueira, os 30 mil habitantes de Cambuí, no Sul de Minas, esperam pela chegada dos turistas de inverno. Embora a atividade ainda represente pouco para a economia...
28/05/2018
Cadastur passa por modernização
Prestadores de serviços que atuam no setor de turismo terão mais facilidades para se formalizarem junto ao Ministério do Turismo. Além de ter sido modernizado, o que o...
› últimas notícias
Conselho da Vale aumenta cautela após desastre da Samarco, em Mariana
Confiança do empresário recua 6,7 pontos
Pesquisa aponta que 92% das empresas do País esperam mais receita e patrimônio até 2020
Presidente Temer afirma que Brasil abriu mais 33 mil vagas formais de emprego em maio
BMB investirá R$ 107 mi em planta de Itaúna
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


21 de junho de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.