Publicidade
21/02/2018
Login
Entrar

Economia

12/10/2017

Azul vende dez aeronaves e reduz sua dívida em R$ 325 milhões

Email
A-   A+
São Paulo - A Azul vendeu dez aviões do modelo ATR 72-600 para a Nordic Aviation Capital (NAC), o que resultará em uma redução da dívida total em cerca de R$ 325 milhões, informou a empresa, em fato relevante enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), ressaltando que não deixará de voar com ATRs, mas substituirá parte por aeronaves maiores e mais modernas.

Cinco unidades sairão da frota da companhia no último trimestre de 2017 e cinco na primeira metade de 2018. O acordo com a NAC também inclui a entrega de três aeronaves novas ATR 72-600 sob leasing operacional na segunda metade deste ano.

Segundo o documento, a decisão da Azul está em linha com sua estratégia de otimização de frota e crescimento por meio de aeronaves com maior capacidade de assentos e mais eficientes. A venda dos 10 ATRs já estava sendo considerada na projeção de frota da empresa para 2017 e 2018, que consiste em encerrar o ano com 122 e 128 aeronaves operacionais, respectivamente. A empresa espera crescer sua capacidade em termos de assentos quilômetros voados (ASKs) de 11% a 13% em 2017.

“Continuaremos voando com os ATR, pois eles nos ajudam a explorar novos mercados e rotas regionais. Na medida em que expandimos nossa malha, é natural que parte de nossos ATR sejam substituídos por aeronaves maiores e mais modernas. Nossa estratégia, em termos de frota, é ter a aeronave certa para o mercado certo e já conseguimos identificar vários mercados que estão prontos para receber aeronaves maiores”, comentou John Rodgerson, presidente da Azul, no documento.

Recentemente, a Azul divulgou que o tráfego de passageiros cresceu 15%o em setembro em comparação ao ano anterior, em meio a um aumento de mais de 10% na capacidade. A taxa de ocupação foi de 83,2%, crescimento de 3,4 pontos percentuais na comparação anual. Já no acumulado do ano, a taxa está 2,5 pontos maior do que no mesmo período de 2016.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

21/02/2018
Alienação fiduciária será analisada pelo STF
Processo questiona a constitucionalidade da execução extrajudicial nos contratos habitacionais
21/02/2018
Formação Bruta de Capital Fixo recua 2% em 2017, segundo o Ipea
Rio - Os investimentos na economia registraram um avanço considerável na reta final de 2017, mas o resultado fechado do ano ainda ficou no vermelho, segundo o Instituto de Pesquisa...
21/02/2018
Desistência em aprovar reforma da Previdência é fator negativo para nota
São Paulo - A desistência do governo em aprovar a reforma da Previdência neste ano representa um fator negativo nas análises sobre o rating do Brasil, avaliaram ontem as...
21/02/2018
Produção de ouro da AngloGold cresce 4%
Ativos estão no Quadrilátero Ferrífero
21/02/2018
Plano Rota 2030 será anunciado neste mês
São Caetano do Sul, SP - O ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Jorge de Lima, informou ontem que o ministério está finalizando o...
› últimas notícias
Alienação fiduciária será analisada pelo STF
Formação Bruta de Capital Fixo recua 2% em 2017, segundo o Ipea
Desistência em aprovar reforma da Previdência é fator negativo para nota
Produção de ouro da AngloGold cresce 4%
Plano Rota 2030 será anunciado neste mês
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Electric Ink investe R$ 12 mi em Uberaba
Mudanças legislativas geram divergências
Coco Bambu vai desembarcar na Capital e Uberlândia
Governo adia votação de reforma
Petrobras passa a divulgar preços médios nas refinarias
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


21 de fevereiro de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.