Publicidade

Economia

11/01/2017

BC: inflação para os que ganham menos sobe mais e fecha 2016 acima do teto

ABr
Email
A-   A+
O Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) fechou o ano passado com resultado acumulado de 6,58%, acima da meta fixada pelo Banco Central. Ao contrário, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) fechou 2016 com alta acumulada de 6,29%, ficando abaixo do teto da meta inflacionária de 6,5% fixada pelo Banco Central.

O INPC capta a variação inflacionárias das famílias de menor renda (entre 1 e 5 salários), enquanto o IPCA capta a renda dos que ganham até 40 salários. Os dados relativos ao INPC também foram divulgados hoje (11), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) juntamente com o IPCA.

Em dezembro, o INPC variou 0,14%, ficando 0,07 ponto percentual acima da taxa de 0,07% de novembro. O acumulado no ano (6,58%), no entanto, também ficou bem abaixo do que os 11,28% registrados em 2015. Em dezembro de 2015, o INPC foi de 0,9%.

Os produtos alimentícios variaram 0,05% em dezembro, depois de recuarem (-0,31%) em novembro. Já os produtos não alimentícios (0,18%) subiram menos do que em novembro (0,25%).

O INPC regional mais elevado foi o de Brasília (0,87%), onde os alimentos subiram 0,7%, bem acima do índice nacional (0,05%). O menor índice foi da região metropolitana de Curitiba (-0,15%),

O INPC, calculado pelo IBGE desde 1979, se refere às famílias com rendimento monetário de 1 a 5 salários e abrange dez regiões metropolitanas do país, além dos municípios de Goiânia, Campo Grande e de Brasília.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

19/01/2017
Confiança na indústria sobe 3,3 pontos em MG
Medidas anunciadas por Temer no fim de 2016 melhoram o humor do empresário
19/01/2017
Intenção de consumo das famílias brasileiras recua 1,7% em janeiro
Perspectiva de compra a prazo é negativa em 11,9%
19/01/2017
Vendas de imóveis em novembro de 2016 cresceram 9,8% no País frente a 2015
São Paulo - As vendas de imóveis em novembro de 2016 totalizaram 10,1 mil unidades, alta de 9,8% na comparação com o mesmo mês do ano anterior. No acumulado do ano, as vendas chegaram a 93,3...
19/01/2017
Solução do conflito é o objetivo para Nippon Steel
Grupo propõe alternância de poder
19/01/2017
Construtoras vão pagar R$ 195 milhões ao Cade
Brasília - A Andrade Gutierrez e a UTC assinaram, cada uma, dois Termos de Compromisso de Cessação (TCCs) com o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) nos...
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.