Publicidade
22/11/2017
Login
Entrar

Negócios

21/04/2017

Bling formaliza integração inédita com os Correios

Mírian Pinheiro
Email
A-   A+
Centro de armazenamento funciona em Contagem (RMBH)/Divulgação
Os Correios e o Bling acabam de integrar sistemas para a automatização do e-fulfillment (conjunto de operações e atividades desde o recebimento do pedido até o momento da entrega do produto ao cliente final, visando sempre o maior índice de satisfação possível) em Minas Gerais. O centro de armazenamento do e-fulfillment funciona em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), tem área de 500 metros quadrados e capacidade inicial para armazenamento de 30 mil itens, podendo chegar a 60 mil em junho.

Entre as vantagens da integração, destaca-se a de os lojistas poderem enviar suas solicitações de pedido automaticamente e consultar o estoque dos itens armazenados por meio do Enterprise Resource Planning ou Sistema de Gestão Empresarial (ERP).

O diretor de marketing do Bling, Sidney Zynger, explica que a solução Correios Log prevê a oferta do serviço de e-fulfillment às lojas virtuais, desde a armazenagem e atendimento de pedidos até gestão de estoque e distribuição. Sem cota mínima mensal de faturamento, os Correios ainda oferecem gratuitamente as embalagens para os envios.

Como foi divulgado pelos Correios, a tabela simplificada permite uma precificação rápida para as MPEs e transforma custos fixos mensais em custos variáveis (R$ 0,72 por item armazenado/mês e R$ 3,53 para cada pedido atendido).

Além de precificação simplificada (por item armazenado e pedido atendido) e sem cota mínima mensal de faturamento, o produto, segundo o Bling, oferece acesso exclusivo a preços reduzidos para Sedex e PAC, o que reduz os custos logísticos com armazenagem e frete para os lojistas. Além da logística, o usuário se beneficia de ferramentas como emissão de notas fiscais e boletos, criação de relatórios gerenciais, cadastro de clientes, fornecedores e produtos, bem como integração às principais plataformas de e-commerce e marketplaces.

Com essa integração, afirma Zynger, as lojas virtuais de Minas que aderirem à utilização deste novo produto logístico de e-fulfillment poderão, por exemplo, enviar automaticamente suas solicitações de atendimento de pedido e realizar consultas de estoque dos itens armazenados pelos Correios. A gestão do processo de e-fulfillment, ele acrescenta, reduz os custos com encargos sociais, pagamentos de salário e manutenção de uma estrutura física. “Se os custos logísticos são compartilhados, há possibilidade de ofertar preços reduzidos e se manter fiel à relação ganha-ganha com todos os envolvidos”, disse, na ocasião do lançamento do sistema, o vice-presidente de logística dos Correios, José Furian Filho. Rio de Janeiro, Curitiba e Recife serão as próximas a receber o armazém dos Correios ainda neste semestre.

Eficiência - O e-fulfillment dos Correios, que já funciona em São Paulo e Brasília - e agora na RMBH -, é voltado especialmente para pequenos empresários que atuam no comércio eletrônico. Atualmente, os Correios entregam cerca de 1 milhão de encomendas por dia em todo o Brasil, sendo 71% desse volume originado do e-commerce. No Bling, esse cenário também é bastante expressivo, pois mais de 60% dos usuários estão ligados ao varejo on-line. Por isso, o diretor de marketing do Bling, Sidney Zynger, ressalta que a empresa disponibilizou seu know-how em programação de ERP para tornar o serviço mais completo.

“O projeto nasceu com os Correios e cresceu com o Bling. Nesse sentido, ser o primeiro sistema de gestão integrado ao serviço de e-fulfillment dos Correios, maior operadora logística do País, nos dá confiança sobre o trabalho que desenvolvemos, sempre buscando ferramentas e parcerias que proporcionem soluções ágeis, econômicas e otimizadas para o e-commerce”, comenta Zynger.

Para José Furian Filho, a integração irá facilitar o dia a dia do micro e pequeno empresário mineiro, que além de transferir custos como aluguel, mão de obra e insumos para preparar os pedidos vendidos, permitirá uma automatização na operação logística. Basta vender pela internet, pois desde a armazenagem até o envio dos pedidos os Correios entregam e cuidam de tudo.

Se o preço deixou de ser o único fator a ser levado em conta na hora da tomada de decisão sobre onde comprar, ganha ponto esse novo sistema de gestão. Com ele, todas as operações necessárias são reunidas para atender às necessidades do cliente. Integrado aos principais sistemas voltados para o mercado virtual, o software de gestão opera em nuvem, é acessível, sem custo de instalação e pode ser utilizado de qualquer lugar via internet, inclusive via mobile.

A operadora disponibiliza um depósito próprio de 78 mil metros quadrados localizado na cidade de Cajamar, interior de São Paulo, onde os lojistas armazenam suas mercadorias e a empresa se responsabiliza pela retirada do produto no estoque, conferência, preparação, empacotamento e expedição até a entrega ao destinatário final.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

22/11/2017
Geraldo Lustosa prevê receita de R$ 35 milhões
Resultado representa avanço de 5%
22/11/2017
Grupo Leitura lança 2ª loja da D+ Casa & Presentes
Um ano após a inauguração da primeira unidade no Minas Shopping, na região Nordeste da Capital, o Grupo Leitura l ança a segunda loja da D+ Casa & Presentes,...
22/11/2017
Boas práticas ampliam oportunidades
Empresas organizadas têm maiores chances de captar investimentos e recursos na retomada econômica
22/11/2017
Gastronomia mineira ganha relevância no cenário nacional
Participação das indústrias de alimentos e bebidas no PIB mineiro chega a 20%
22/11/2017
"O pulo do gato"
O Grupo Inob, formado há 20 anos por dois hospitais oftalmológicos focados em processos de alta complexidade em Brasília (DF), ilustra bem como uma empresa organizada pode...
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.