24/06/2018
Login
Entrar

DC Inovação

26/04/2017

BMG Digital Lab seleciona seis startups

Empresas conduzirão projeto piloto, em parceria com o banco, a fim de aprimorar processos internos
Da Redação
Email
A-   A+
Não é mais possível continuar trabalhando como no passado, afirmou Antonio Hermann/Divulgação
O Banco BMG concluiu o processo de seleção das startups que participarão do programa BMG Digital Lab, lançado em fevereiro. Das 75 inscritas, seis assinarão um contrato de três meses com a instituição financeira, período em que conduzirão um projeto piloto que aprimore processos internos, além da relação entre a corporação e sua base de clientes. As escolhidas foram: Allgoo (SP); Dataholics (SP); e-Consultar (MG); Justto (SP); Méliuz (MG); e Take (MG).

A ideia é trabalhar em conjunto com essas startups, desenvolvendo produtos e serviços que tenham conexão com o negócio do banco. “O mundo está mudando rapidamente. Não é mais possível continuar trabalhando como no passado. E nós do BMG temos uma vantagem enorme para acompanhar as transformações dessa era digital, que é o fato de termos um instinto de inovação. Isso está em nosso gene. Estamos, a cada ano, enfrentando os obstáculos e renovando com agilidade. Essa atitude fica ainda mais concreta, quando nos aproximamos dessas empresas”, destaca o presidente executivo do Banco BMG, Antonio Hermann.

Ele reforça a visão empreendedora da corporação que, nos seus 85 anos de existência, sempre conseguiu se reinventar. “Agora, com esse primeiro projeto, damos um novo passo, que representa mais que uma evolução. É uma ruptura. Por isso, discutimos muito internamente e contamos com o envolvimento de todos os funcionários para aceitar as novidades, aprender com elas e nos tornar um banco ainda mais ágil e moderno”, completa.

A parceria com a ACE, melhor aceleradora de startups da América Latina, foi fundamental para a seleção das empresas adequadas ao perfil e interesses do banco. Além disso, dá mais força ao projeto. “Geralmente, é muito difícil para uma empresa que desenvolveu uma solução digital acessar um grande cliente, como o Banco BMG. E a ACE, com toda sua expertise na avaliação de startups e novos negócios, vem para fechar esse gap e assessorar o banco nesse trabalho inovador para o meio digital. Esse tipo de investimento dá mais lastro ao ecossistema empreendedor e mostra que o BMG está no caminho certo”, destaca o CEO da ACE, Arthur Garutti.

As primeiras empresas escolhidas para o programa BMG Digital Lab são startups em estágio avançado, que poderão agregar, de maneira rápida, produtos e processos inovadores à instituição financeira. No entanto, o diretor executivo do Banco BMG, Eduardo Mazon, acrescenta que, em um segundo momento, outras startups poderão ser incorporadas ao projeto. “Hoje o mercado financeiro depende cada vez mais da tecnologia para atender às demandas. A aposta em inovação é imprescindível”, conclui. Startups do BMG Digital Lab:

Allgoo - Oferece tecnologia integrativa nas áreas de AI (Análise de Investimentos) e CRM (Customer Relationship Management), para gestão e aplicação de investimentos. Braço digital de investimentos para instituições financeiras;

Dataholics - A informação a serviço da inteligência. Plataforma que capta e estrutura milhões de dados das redes sociais e fontes públicas para análise de crédito, antifraude e segmentação em marketing;

e-Consultar - Plataforma para a criação de agências virtuais. Um consultor de investimentos em contato direto com o cliente;

Justto - A tecnologia a favor da eficiência. Solução inteligente, rápida e eficaz de conflitos jurídicos;

Méliuz - Premiado marketplace para consumidores e empresas, desenvolvendo programa de benefícios. São pioneiros em cashback e meios de pagamento;

Take - Nova forma de interagir com os clientes. Deixa a instituição a um clique de distância em qualquer momento, a fim de oferecer o melhor atendimento com uma conversa intuitiva e rápida.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

16/03/2018
Americana Airfox investe US$11,5 mi na expansão para o País
Negócio promete crédito sem burocracia às classes D e E
16/03/2018
Anjos do Brasil fecha acordo com o WBAF
Receber investimento anjo no Brasil é a aspiração de quase todas as startups. Mas receber aporte de um investidor no exterior, que traz consigo know how para a...
16/03/2018
BeeCâmbio negocia 22 moedas on-line
Comprar moeda estrangeira em Belo Horizonte ficou mais fácil com a chegada da startup paulista BeeTech à Capital. Por meio do seu produto BeeCâmbio, a empresa oferece a compra e...
21/02/2018
Empresas tradicionais se rendem à cultura das startups
Desejo de mudança acontece quando elas se sentem ameaçadas
21/02/2018
Seed impacta economia gerando emprego e negócios
Considerado um dos maiores projetos públicos de aceleração de startups da América Latina, o Startups and Entrepreneurship Ecosystem Development (Seed) deve abrir, nas...
› últimas notícias
Torcida não aquece as vendas no hipercentro
Prestadoras de serviços terrestres cogitam dispensa de pessoal com reoneração
Liminar contrária não abala Mendes Júnior
Primeiro leilão da Aneel prevê R$ 6 bi
BR Distribuidora aguarda decisão do TRT para mensurar os impactos
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


23 de junho de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.