Publicidade
21/02/2018
Login
Entrar

Legislação

09/02/2018

Boleto mensal de MEI tem reajuste em fevereiro

ASN
Email
A-   A+
Os mais de 7 milhões de microempreendedores individuais (MEI) no Brasil devem estar atentos para a mudança na contribuição mensal que começa a valer a partir deste mês. O boleto de pagamento mensal das obrigações tributárias - Documento de Arrecadação Simplificada (DAS) - terá os valores reajustados.

Com o aumento do salário mínimo de R$ 937 para R$ 954, o valor fixo do boleto mensal (DAS) passa para R$ 48,70 para atividades de comércio/indústria e/ou transporte intermunicipal ou interestadual, R$ 52,70 para MEI que presta serviços em geral e R$ 53,70 para atividades ligadas ao comércio e/ou indústria com serviços.

“O cálculo do DAS corresponde a 5% do salário mínimo, a título da Contribuição para a Seguridade Social, mais R$ 1 de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) e/ou R$ 5 de Imposto sobre Serviços (ISS)”, explica o analista do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais (Sebrae Minas) Haroldo Santos.
O tributo, destinado à Previdência Social e ao ICMS ou ISS, deve ser pago até o dia 20 de cada mês, na rede bancária ou em casas lotéricas. “O atraso ou não pagamento pode gerar problemas, como a suspensão dos benefícios previdenciários, e gerar multas e juros”, alerta Santos.

A guia para pagamento deve ser impressa pelo Portal do Empreendedor (www.portaldoempreendedor.gov.br). Pelo celular, o documento poderá ser gerado pelo aplicativo da Receita Federal, disponível para os sistemas operacionais iOS e Android. Os formalizados também poderão comparecer aos Pontos de Atendimento do Sebrae de sua cidade e solicitar a impressão da guia gratuitamente.

Formalização - Os MEIs são trabalhadores que faturam até R$ 81 mil por ano, não têm participação em outra empresa como sócio ou titular, têm até um empregado contratado e desempenham uma das 490 ocupações permitidas.

Quem opta por ser MEI passa a ter o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) e acesso aos benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Também pode contratar até um funcionário que receba até um salário mínimo. O processo de formalização é rápido e pode ser feito de forma gratuita no Portal do Empreendedor. Ao se formalizar, o MEI pode emitir nota fiscal e participar de licitações públicas, ter acesso mais fácil a empréstimos, fazer vendas por meio de máquinas de cartão de crédito, entre outras vantagens.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

21/02/2018
Veto de Temer contra Refis para MPEs deve ser derrubado
Medida anunciada por Eunício e Jucá está prevista para 6 de março
21/02/2018
Correios renegociarão com clientes que respondem a processos judiciais
São Paulo -  Os Correios vão receber propostas de renegociação de dívidas de clientes que respondem a processos judiciais abertos pela estatal até o...
21/02/2018
Execução após 2ª instância chega ao Plenário
Brasília - A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu ontem enviar ao plenário da Corte dois habeas corpus que tratam da constitucionalidade da execução...
21/02/2018
Ministério inclui 19 atividades na Classificação Brasileira de Ocupações
O Ministério do Trabalho atualizou, na última segunda-feira (19), a lista da Classificação Brasileira de Ocupações (CBO). Foram incluídas 19 novas...
20/02/2018
Benefícios custaram R$ 211 mi em dezembro
Indenizações começaram em 1992, com a Parcela Autônoma de Equivalência, para nivelar salários aos dos deputados
› últimas notícias
Alienação fiduciária será analisada pelo STF
Formação Bruta de Capital Fixo recua 2% em 2017, segundo o Ipea
Desistência em aprovar reforma da Previdência é fator negativo para nota
Produção de ouro da AngloGold cresce 4%
Plano Rota 2030 será anunciado neste mês
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Electric Ink investe R$ 12 mi em Uberaba
Empresas tradicionais se rendem à cultura das startups
Coco Bambu vai desembarcar na Capital e Uberlândia
Mudanças legislativas geram divergências
Governo adia votação de reforma
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


21 de fevereiro de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.