22/07/2018
Login
Entrar




Política

16/06/2018

Bolsonaro lidera pesquisa sem Lula

Pré-candidato é superado pela intenção de votos brancos e nulos com petista fora
Reuters
Email
A-   A+
São Paulo - O pré-candidato do PSL, deputado Jair Bolsonaro (RJ), lidera as pesquisas de intenção de voto nos cenários sem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, segundo pesquisa feita pelo instituto Ipespe e encomendada pela XP Investimentos, divulgada na sexta-feira (15), que mostrou estabilidade no quadro eleitoral.

A sondagem apontou, entretanto, que o pré-candidato do PSL é superado pelo patamar de brancos e nulos nos dois cenários sem o petista, exceto naquele em que o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad aparece como nome apoiado por Lula.

A pesquisa, assim como o levantamento divulgado há uma semana, mostrou forte crescimento na intenção de voto em Haddad quando ele é citado como um nome apoiado pelo ex-presidente.

Neste cenário, Bolsonaro lidera com 20%, variação negativa de um ponto em relação à semana passada, enquanto brancos e nulos somam 19%, ante 25% há uma semana. Haddad, com o apoio de Lula, vem na sequência, mantendo o patamar de 11%. Marina Silva (Rede) tem 10%, ante 11% na sondagem anterior. Dez por cento não responderam.

Nesta simulação, Ciro Gomes (PDT), Geraldo Alckmin (PSDB) e Alvaro Dias (Podemos) mantêm os patamares que registraram na semana passada: 9%, 8% e 6% respectivamente.
Nos demais cenários sem o petista, preso desde o início de abril para cumprir pena por corrupção e lavagem de dinheiro na Lava Jato, Bolsonaro é o nome mais citado.

Num desses casos, brancos e nulos somam 27%, mesmo patamar do levantamento da semana passada, enquanto Bolsonaro oscilou um ponto para baixo, para 21%. Marina Silva (Rede) manteve os 13% registrados na semana passada, à frente de Ciro Gomes (PDT), que oscilou um ponto para baixo, para 10%, e Geraldo Alckmin (PSDB), que manteve o patamar de 8%. Sem o apoio explícito de Lula neste cenário, Haddad soma 2%.

Quando o ex-presidente, que deve ser impedido de concorrer por causa da Lei da Ficha Limpa, aparece como candidato, ele lidera o levantamento, com 29%, ante 30% há uma semana. Bolsonaro oscila um ponto para baixo, somando 19%. Brancos, nulos e ninguém foram de 15% para 16%, enquanto Marina, Alckmin e Ciro mantiveram seus patamares, em 10%, 7% e 6%, respectivamente. Dias também soma 6%.

Leia também:
Partidos terão R$ 1,7 bi para campanhas
Destino de Aécio Neves continua indefinido
Alckmin acredita que pode ter apoio de 8 siglas


Rejeição - Alckmin e Lula lideram a rejeição, com 60% dos entrevistados declarando que não votariam neles. Marina e Haddad somam 57% de rejeição cada, enquanto Ciro tem 56% e Bolsonaro, 52%.

O levantamento do Ipespe para a XP apontou ainda que 51% dos entrevistados não estão interessados ou estão só um pouco interessados na eleição presidencial. O Ipespe ouviu 1.000 pessoas por telefone entre os dias 11 e 13 de junho. A margem de erro da pesquisa é de 3,2 pontos percentuais.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

21/07/2018
TJMG nega pedido de soltura de Azeredo
Ex-governador pleiteou relaxamento da prisão até o julgamento de recursos em instâncias superiores
21/07/2018
Apoio do Centrão dá fôlego a Alckmin
Aliança está longe de colocar o ex-governador paulista em situação confortável no pleito de outubro
21/07/2018
Candidatura de Ciro é oficializada
Brasília - O PDT oficializou na sexta-feira (20) a candidatura de Ciro Gomes à Presidência da República na sede do partido em Brasília. Diante da...
21/07/2018
PT quer Josué na chapa de Pimentel
São Paulo - O PT vai trabalhar para que o empresário Josué Gomes (PR) não aceite ser candidato a vice-presidente na chapa do ex-governador paulista Geraldo Alckmin...
21/07/2018
Ex-governador do Mato Grosso do Sul é preso pela Polícia Federal
São Paulo - A Polícia Federal prendeu na sexta-feira (20) o ex-governador do Mato Grosso do Sul André Puccinelli (MDB) , seu filho André Puccinelli Júnior e um...
› últimas notícias
Exportações de soja devem ser recorde no próximo ano
Renovação da concessão da EFVM pode ser resolvida na Justiça
Pessimismo aumenta na indústria mineira
Minas mantém sequência de superávit
Brasil fecha 661 vagas com carteira assinada
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


21 de julho de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.