Publicidade
21/04/2018
Login
Entrar

DC Mais

18/05/2017

Brasil tem 122,9 milhões de jovens e adultos sedentários

Abr
Email
A-   A+
Brasília - Entre setembro de 2014 e setembro de 2015, os jovens e adultos com 15 anos ou mais de idade que não praticavam qualquer tipo de esporte ou atividade física eram 122,9 milhões de pessoas, o equivalente a 76% da população de 161,8 milhões de brasileiros nesta faixa etária. Do total, 70,1 milhões eram mulheres, o equivalente a 83,1% da população feminina do País de 15 anos ou mais por ocasião da pesquisa.

Os dados são da Pnad 2015: Prática de Esporte e Atividade Física, que o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou ontem, no Rio de Janeiro, com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) daquele ano.

Os números divulgados revelam que, em 2015, no Brasil, 61,3 milhões de pessoas de 15 anos ou mais de idade – o equivalente a 37,9% do total de 161,8 milhões de pessoas nesta faixa etária – praticavam algum tipo de esporte ou atividade física, dos quais 53,9% eram homens e 46,1% mulheres.

O estudo constatou que a prática é mais frequente na faixa de idade entre 15 a 17 anos, onde mais de 50% dos entrevistados responderam ter praticado algum esporte ou atividade física no período de 365 dias de referência, enquanto na faixa etária de 60 anos ou mais este percentual era de mais de 27%.

Entre os jovens de 15 a 17 anos, por exemplo, é a falta de interesse que motiva o sedentarismo. Já entre as pessoas com mais idade têm como motivo maior a falta de tempo”, disse o analista da Coordenação de Trabalho e Rendimento do IBGE, Leonardo Quaresma, em entrevista à Agência Brasil.

Outra constatação importante envolve o nível de escolaridade que apresentou relação inversa com a ausência de prática esportiva: entre as pessoas sem instrução, a proporção das que não praticaram algum esporte foi de 91%, caindo para 64,9% entre as com nível superior completo.

Essa mesma relação foi observada ao se avaliar o rendimento mensal domiciliar per capita: entre as pessoas na classe sem rendimento a menos de meio salário mínimo, 78,7% não praticaram algum esporte, registrando-se, na região Sul, o caso mais elevado (82,4%). Já entre as da classe de cinco salários mínimos ou mais, essa proporção caiu para 60,2%.

Ainda do ponto de vista da escolaridade, o estudo comprovou que o percentual de pessoas praticantes de algum esporte ou atividade física foi crescendo conforme o grau de instrução, saindo dos 17,3% relativos às pessoas sem instrução, passando por 36,6% das que tinham ensino fundamental completo, pelos 43% que tinham ensino médio completo, até chegar aos 56,7% relativos aos com ensino superior completo.

Por estado e região - Entre as 61,3 milhões de pessoas que em 2015 praticavam algum esporte ou atividade física, o equivalente a 37,9% da população na faixa de 15 anos ou mais de idade, o maior percentual de praticantes estava concentrado nas Regiões Sul e Centro-Oeste, com 40,8% e 41,1% do total, respectivamente. Já os menores percentuais ficavam nas Regiões Nordeste (36,3%), Norte (36,6%) e Sudeste (37,5%).

Surpreendentemente, entre os estados, o que acusou o maior percentual de pessoas de 15 anos ou mais praticantes de esporte foi o Amazonas. Lá, 32,2% da população nessa faixa etária praticaram algum esporte. Já as menores taxas foram observadas no Rio de Janeiro (18,9%) e Alagoas (19%).

A Pesquisa Suplementar Prática de Esporte e Atividade Física-Pnad 2015 constatou ainda que, para 118,6 milhões de brasileiros, o poder público deveria investir mais em atividades físicas ou esportivas, mas, por outro lado, 14,7% das pessoas envolvidas no estudo opinaram que o governo não deveria investir em tais atividades, enquanto 12% informaram não ter opinião.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

21/04/2018
Vacinação de 54,4 milhões contra a gripe começa 2ª
São Paulo - A partir de segunda-feira (23), postos de saúde de todo o País vão dar início à vacinação contra o vírus da gripe para...
21/04/2018
Curtas DC Mais 21/04
Presidência da FJFA O professor Emerson de Almeida, cofundador da Fundação Dom Cabral (FDC), é o novo presidente da Fundação José Fernandes de...
21/04/2018
Agenda Cultural 21/04
Comédia Personagens - No monólogo “Show Riso Jeca Brasil”, Leo Araújo interpreta sete personagens da cultura brasileira, com sotaques e trejeitos peculiares....
20/04/2018
A vida é aqui e agora, urge valorizar o presente
É impressionante como é difícil aceitar a morte, a única certeza que se tem na vida. Ela assusta, assombra, amedronta, intimida... É, no entanto, a...
20/04/2018
Curtas DC Mais 20/04
Minas Náutico O Pavilhão de Esportes e Eventos, com 19 mil metros quadrados, concretiza a segunda fase do Plano Diretor do Minas Náutico, controlado pelo Minas...
› últimas notícias
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


20 de abril de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.