Publicidade

Internacional

18/03/2017

Brasileiro vence a disputa para comandar a OIC

Carioca José Sette concorria com nomes de 5 países
Email
A-   A+
Londres, capital da Inglaterra, é onde está a sede da Organização Internacional do Café/Reprodução
Baden-Baden - O brasileiro José Sette foi escolhido na sexta-feira (17) para ficar à frente da Organização Internacional do Café (OIC), que tem sede em Londres. Nos últimos dias, ele disputava a vaga com mais cinco concorrentes, mas o processo teve início com uma corrida entre nove países. Nesta última etapa, além do Brasil, concorriam candidatos do México, Peru, Suíça e Indonésia.

Durante uma semana de avaliação, os candidatos fizeram apresentações e também responderam a perguntas dos representantes dos 77 países que compõem a OIC. O processo desta vez foi presidido pela delegação dos Estados Unidos - as funções são rotativas na instituição.

Na eleição passada, o processo ocorreu desta forma e a disputa ficou até o fim entre o candidato mexicano e o brasileiro. O mineiro Robério Silva acabou vencendo, mas a diretoria-executiva voltou a ficar vaga porque ele faleceu no fim do ano passado, aos 53 anos de idade, vítima de um enfarte.

A surpresa desta edição foi a participação de um país comprador, a Suíça, na disputa. Como a sede da OIC já fica em um país importador, o Reino Unido, os produtores alegam que, para que haja um equilíbrio, o representante da entidade seja de um país que oferte o produto. O Brasil é o maior produtor e exportador de café do mundo.

Indicação - O nome de Sette foi lançado logo no começo da abertura das inscrições, indicado pelo ministro da Agricultura, Blairo Maggi, o que deu ao Brasil mais tempo para “fazer campanha”. Ele fez carreira como trader e em associações particulares do setor e tinha a vantagem de conhecer a OIC por dentro, já que coordenou a instituição de forma provisória - de outubro de 2010 a outubro de 2011 -, durante o período em que a vaga estava aberta. Atualmente, o carioca trabalha em Washington (Estados Unidos) como diretor executivo da International Cotton Advisory Committee (Icac), associação da área de algodão.

De acordo com a OIC, o salário bruto anual para um mandato de cinco anos - agora não haverá mais possibilidade de recondução, já que o prazo foi estendido - será o equivalente, em libras esterlinas, a US$ 194,136 mil. (AE)

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

24/03/2017
Brasil vota contra avaliação de políticas sociais pela ONU
Posição brasileira é derrotada e direitos humanos prevalecem
24/03/2017
Embaixadora do País tenta explicar posição
Genebra - Ao discursar, a embaixadora do Brasil na ONU, Maria Nazareth Farani Azevedo, insistiu que acredita que um governo pode fazer ajustes fiscais e, ainda assim, ser...
23/03/2017
Fraude na carne do País abala acordo entre UE e Mercosul
Deputados europeus querem rever condições de exportação do Brasil
21/03/2017
Uso eficiente dos recursos naturais pode gerar US$ 2 trilhões
Brasília - O uso mais inteligente e eficiente dos recursos naturais do mundo pode injetar US$ 2 trilhões na economia global até 2050 e também compensar os custos de...
18/03/2017
Merkel discute comércio na Casa Branca
São Paulo - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, discutiu comércio, imigração e o financiamento da Aliança do Tratado do Atlântico Norte (Otan)...
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.