19/08/2018
Login
Entrar

DC Auto

20/07/2018

Câmbio automático para Polo e Virtus 1.6

Versão visa atender, principalmente, o público PCD e modelos ficam abaixo da faixa de R$70 mil
José Oswaldo Costa
Email
A-   A+
De janeiro até a última quarta-feira (dia 18), o Volkswagen Polo teve 36.834 unidades emplacadas no Brasil, ocupando a 4ª colocação no ranking geral. Levando-se em conta os seis primeiros meses do ano, a média mensal de vendas foi de 5.690 unidades.

O sedan que se originou dele, o Virtus, chegou ao mercado em janeiro, o que diminui consideravelmente o seu desempenho no ranking, visto que foram computadas somente 86 unidades vendidas no primeiro mês de 2018.

Mesmo assim, o modelo obtém bons números no acumulado do ano, com 18.733 unidades emplacadas até a última quarta-feira e a 19ª colocação entre os mais vendidos do País. De janeiro a junho, a média mensal ficou em 2.822 unidades (lembrando, sempre, que o número quase insignificante de janeiro está incluído nessa conta).

Essas informações foram obtidas junto à Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

PCD - Visando uma ampliação das vendas, a Volkswagen apresentou, nessa semana, o Polo e o Virtus equipados com o motor 1.6 MSI e câmbio automático de seis marchas. Com eles, a montadora passa a atuar em uma importante faixa de mercado (PCD - Pessoa Com Deficiência).

Os veículos, que já estão à venda, foram posicionados abaixo da faixa estabelecida para os modelos destinados a essa finalidade, que é de R$ 70 mil. Os preços são os seguintes: VW Polo 1.6 MSI (automático) – R$ 62,69 mil e VW Virtus 1.6 MSI (automático) – R$ 66,53 mil.

Em relação aos mesmos modelos, equipados com câmbio manual, a diferença de preço fica um pouco acima de R$ 5 mil.

Dessa forma, o Polo passa a contar com cinco configurações: 1.0 MPI, 1.6 MSI, 1.6 MSI com transmissão automática, Comfortline 200TSI e Highline 200TSI.

Já o sedan Virtus, agora é oferecido em quatro opções: MSI, MSI com transmissão automática, Comfortline 200TSI e Highline 200TSI.

Os modelos têm três anos de garantia de fábrica sem limite de quilometragem e são oferecidos em sete cores: preto, branco e vermelho (sólidas) e cinza, azul, prata (metálicas). Essa última conta com duas opções de tonalidade.

A transmissão automática de seis marchas que passa a ser usada no Polo e no Virtus, com motorização 1.6, é a mesma que equipará o Gol e o Voyage, que serão lançados na próxima semana.

Trata-se, também, do mesmo câmbio que equipa o Polo e o Virtus 200TSI (1.0 turbo), de 128 cv de potência.

O motor 1.6 é capaz de render 110/117 cv de potência e 15,8/16,5 kgfm de torque (gasolina e etanol, respectivamente). Ele tem quatro cilindros, 16 válvulas (4 válvulas por cilindro) e possui bloco e cabeçote feitos de alumínio, o que colabora para reduzir o peso do conjunto.

Com quatro válvulas por cilindro, sendo duas para admissão e duas para escape, ele conta com duplo comando de válvulas integrado à tampa, com variação na admissão, proporcionando mais torque em baixa rotação e melhor desempenho, informou a montadora.

Esse motor tem duplo circuito de arrefecimento, que permite temperaturas diferentes para o bloco e para o cabeçote – o sistema utiliza duas válvulas termostáticas. O coletor de escape forma uma peça única com o cabeçote. Resultado: vantagens de dirigibilidade na fase fria do motor e, consequentemente, menor consumo de combustível.

Os modelos têm três anos de garantia de fábrica sem limite de quilometragem e são oferecidos em sete cores: preto, branco e vermelho (sólidas) e cinza, azul, prata (metálicas). Essa última conta com duas opções de tonalidade.

Câmbio automático - A transmissão automática de seis marchas possui como principais características, segundo a VW, a alta robustez, as rápidas trocas de marcha, o elevado nível de conforto e a boa eficiência energética.

Ela foi projetada para carros com motores transversais e possui engrenagens planetárias, com acoplamento por conversor de torque. O câmbio conta com bloqueio do conversor de torque em diversas condições de uso, o que evita o deslizamento interno do componente, reduzindo o consumo de combustível.

Oferece, ainda, a opção de trocas manuais sequenciais  por meio da alavanca de câmbio ou pelas aletas (paddle shifts) atrás do volante multifuncional, item de série na linha 2019.
Também é equipado com o modo de acionamento esportivo (posição “S”), que altera os momentos das trocas de marchas para rotações mais elevadas, proporcionando aceleração mais rápida, para um comportamento mais dinâmico do veículo.

Com esse novo powertrain, a Volkswagen informou que o Polo acelera de 0 a 100 km/h em 10,5 segundos e atinge 188 km/h de velocidade máxima (etanol). O sedan Virtus registrou 10,8 segundos e 190 km/h, respectivamente (etanol).


BOM CONTEÚDO DE SÉRIE E OPÇÃO DE DOIS PACOTES

Produzidos em São Bernardo do Campo (SP), o Polo e o Virtus MSI automáticos saem de fábrica equipados, de série, com direção com assistência elétrica, ar-condicionado, vidros elétricos nas quatro portas (os dianteiros possuem função um toque para fechamento e abertura), travas elétricas, faróis de dupla parábola e chave tipo “canivete” com controle remoto.

Também estão incluídos, de série, computador de bordo, para-sóis iluminados para motorista e passageiro, tomada de 12V no console central, suporte para celular no painel com entrada USB para carregamento, regulagem de altura para o banco do motorista, entre outros.

Outro item de série é o sistema multimídia (Media Plus), que tem entradas USB e SD-card, conexão bluetooth, rádio AM-FM e leitor de arquivos mp3.

Como opcionais, estão disponíveis dois pacotes. O primeiro, chamado de Interatividade, inclui sistema de infotainment (Composition Touch), sensores de estacionamento traseiros, roda em liga leve de 15 polegadas com pneus 195/65 R15 e retrovisores externos com ajuste elétrico e função tilt down.

Com tela colorida sensível ao toque de 6,5 polegadas, o sistema de infotainment traz entradas USB, para SD-card e conexão Bluetooth. Ele permite conectividade por meio do App-Connect (Android Auto, Apple CarPlay e Mirrorlink), comando por voz e acesso ao Car Menu, com ajustes do veículo por meio da tela.

Para o Polo, o pacote Interatividade tem o preço de R$ 3,42 mil e, para o Vitus, R$ 3,36  mil.

O segundo pacote, denominado Safety, traz o controle eletrônico de estabilidade (ESC) e todos os recursos atrelados a ele, como controle de tração (ASR), bloqueio eletrônico do diferencial (EDS) e assistente de partida em subida/descida (HHC).

Para equipar o Polo com esse pacote, o comprador terá que desembolsar R$ 1,38 mil. Se o modelo escolhido for o Virtus, o pacote Safety custa R$ 1,35 mil.

Segurança - Todas as versões do Polo e do Virtus são equipadas com quatro airbags – dois dianteiros e dois laterais. De grandes dimensões, as bolsas laterais protegem para cabeça e tórax e restringem o movimento do corpo durante um impacto, elevando significativamente a segurança dos ocupantes.

Também fazem parte da lista de série os sistemas Isofix e top-tether, que garantem mais segurança e facilidade para fixação de cadeirinhas infantis.

Os modelos conquistaram classificação máxima nos testes realizados pelo Latin NCAP, que avalia carros novos vendidos na América Latina e Caribe, com 5 estrelas na proteção para adultos e crianças.

Os testes do Latin NCAP incluem análise de impacto frontal – a 64 km/h contra uma barreira deformável descentrada (40%) –, impacto lateral (contra uma barreira deformável montada em um trenó a 50 km/h contra o veículo) e impacto lateral contra poste – o veículo é lançado lateralmente a 29 km/h em direção a um poste.

A classificação da proteção infantil é oferecida por meio da avaliação do comportamento dinâmico dos sistemas de retenção infantil (as cadeirinhas de criança) nos testes frontal e lateral, além da facilidade e segurança na instalação desses dispositivos.

Adicionalmente, o Latin NCAP atribuiu ao Polo e ao Virtus o Advanced Award, destinado a veículos que atendem critérios de proteção a pedestres. Eles foram os primeiros modelos comercializados no Brasil a receberem esse prêmio, de acordo com a VW. A avaliação é feita com base em testes que simulam situações de acidentes envolvendo pedestres, conforme padrões estabelecidos por legislação europeia.

(Com informações da Volkswagen do Brasil)

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

17/08/2018
Cayenne, da 3ª geração, chega ao Brasil
Utilitário esportivo da Porsche apresenta novas opções de motores turbo e sistemas ativos de chassi
10/08/2018
Nova geração Scania chega ao Brasil
Dois anos após o lançamento na Europa, linha de caminhões é apresentada na América Latina
03/08/2018
Câmbio automático para Gol e Voyage
Modelos da VW passam a contar com essa opção de transmissão em substituição à automatizada
27/07/2018
Ford lança a linha 2019 do compacto Ka
Principal novidade é a versão FreeStyle, com motor 1.5 de 136 cv e câmbio automático de 6 marchas
13/07/2018
Spin ganha novo design para a linha 2019
Segunda fileira de bancos passa a ser corrediça e versão aventureira tem opção de sete lugares
› últimas notícias
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


18 de agosto de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.