22/06/2018
Login
Entrar

DC Turismo

28/05/2018

Cadastur passa por modernização

Da Redação
Email
A-   A+
Prestadores de serviços que atuam no setor de turismo terão mais facilidades para se formalizarem junto ao Ministério do Turismo. Além de ter sido modernizado, o que o tornou mais rápido e eficiente, os serviços do site Cadastur 3.0, ferramenta gratuita e on-line utilizada para a regularização e pesquisa de pessoas físicas e jurídicas, faz parte, agora, da nova plataforma de serviços digitais do governo federal, lançada na semana passada.

O Portal de Serviços foi criado para desburocratizar o acesso do brasileiro a serviços que antes só eram feitos mediante visita física às repartições públicas, como emissão de documentos, requerimentos ou informações gerais. A ideia é que a plataform também consiga aperfeiçoar o atendimento ao cidadão e às empresas, contribuindo para a melhoria do ambiente de negócios no país.

Além do Cadastur, outras 1.600 funções estão disponíveis na plataforma, como solicitações de salário-maternidade, Carteira de Trabalho e aposentadoria por idade. O secretário Nacional de Qualificação e Promoção do Turismo do MTur, Bob Santos, participou do evento de lançamento do programa. Para ele, além de facilitar o acesso dos cidadãos a serviços públicos amplamente utilizados, a ferramenta auxilia o MTur na regularização do setor turístico.

“Os prestadores têm mais essa facilidade para trabalharem em conformidade com a lei, o que repercute diretamente na qualidade e competitividade do turismo brasileiro. Com a plataforma, o setor ganha mais um aliado”, assegura o secretário.

O registro no Cadastur é obrigatório para meios de hospedagem, agências de turismo, transportadoras turísticas, organizadoras de eventos, parques temáticos, acampamentos turísticos e guias de turismo. Quem não se regulariza está em desacordo com a Lei Geral do Turismo e pode ser multado.

O portal de serviços é de fácil compreensão. O usuário busca os serviços utilizando palavra-chave na aba “Do que você precisa?”. A partir daí a plataforma oferece todas as informações necessárias para a solicitação, com links que remetem a formulários ou outros sites para inscrição/preenchimento. Além disso, são disponibilizadas informações sobre documentos indispensáveis para o atendimento, legislação relacionada, tempo de espera para que a solicitação seja atendida, valores de taxas e agendamento de atendimento presencial, caso sejam necessários.

Custos – Com a iniciativa, o governo federal visa também a redução de gastos com serviços digitais. De acordo com o Ministério do Planejamento, os custos para o cidadão podem ser reduzidos em até 90%, se forem levados em conta o tempo utilizado, pagamento de taxas e deslocamentos. Segundo a Pasta, a economia para os usuários desses serviços pode chegar a R$ 144 milhões anuais. As informações são do Ministério do Turismo.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

16/06/2018
Cidade de São Paulo se reiventa como destino turístico e colhe os resultados
Toni Sando de Oliveira, presidente do Visite São Paulo e da União Nacional dos CVBs e Entidades de Destinos
16/06/2018
Cursos do MTur recebem milhares de inscrições
O Ministério do Turismo oferece aos interessados em impulsionar a carreira uma oportunidade de qualificação gratuita por meio das plataformas de ensino a distância Brasil...
31/05/2018
Onda de frio deve atrair turistas para o Sul de Minas
Temporada anima municípios
31/05/2018
Cidades apostam no setor para impulsionar a economia
No alto da Serra da Mantiqueira, os 30 mil habitantes de Cambuí, no Sul de Minas, esperam pela chegada dos turistas de inverno. Embora a atividade ainda represente pouco para a economia...
26/05/2018
Rede Bristol Hotels planeja investimentos de R$ 280 mi em MG
Aportes devem ser feitos em novas unidades até 2020
› últimas notícias
Minas apura alta de 1,4% no primeiro trimestre
Operação financeira depende do Judiciário
Lucro das cinco maiores cresce 44,8% frente a 2017
Ocupação frequente do Expominas beneficia hotéis do Oeste de BH
União programa realizar em novembro megaleilão de áreas para exploração do pré-sal
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


22 de junho de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.