Publicidade
21/01/2018
Login
Entrar

DC Turismo

06/05/2017

"Caminho" atravessa nove cidades mineiras

Daniela Maciel
Email
A-   A+
Quem se aventura pela rota Caminhos da Fé, que liga Andradas, no Sul de Minas, a Aparecida, em São Paulo, pode se deliciar com atividades diversas. O Caminho atravessa 34 cidades, delas, nove mineiras. Segundo a gestora executiva da Associação dos Amigos do Caminho da Fé, Camila Bassi, a ideia é de que o peregrino volte e aproveite outros atrativos que as cidades oferecem. Para isso é desenvolvido um trabalho colaborativo entre a rota e as prefeituras associadas.

“O nosso diálogo é direto com as prefeituras. Nosso trabalho acontece em paralelo ao dos circuitos com uma divulgação mútua. Claro que temos atrativos em comum com os circuitos e o que todos nós buscamos é o desenvolvimento sustentável da região. Queremos despertar nos viajantes o desejo de voltar, trazer a família, amigos, para conhecer toda a beleza do Caminho da Fé e das cidades que fazem parte”, destaca Camila Bassi.

Em Andradas, são as vinícolas o maior atrativo. A tradição, que remonta ao início do século 20, com a chegada dos imigrantes italianos, tem, hoje, importantes representantes que atuam desde a produção artesanal até a mais moderna técnica de produção de vinhos. Atualmente, são sete vinícolas em que é possível acompanhar o processo de produção e degustar os melhores vinhos de Minas.

Já em Brasópolis, entre trilhas e cachoeiras o destaque é o próprio céu. Localizada a 1.864 metros de altitude, a cidade abriga o principal observatório de astronomia em solo brasileiro. No Pico dos Dias, a 900 metros acima do nível do médio da região, está o Observatório do Laboratório Nacional de Astrofísica (LNA), uma unidade de Pesquisa do Ministério da Ciência e Tecnologia. Para a proteção do observatório foi organizada uma área de 350 hectares onde se preserva uma mata secundária tropical de altitude. Visitas agendadas são realizadas aos sábados, domingos e feriados nacionais.

Em Ouro Fino, que também pertence ao Circuito Turístico Malhas do Sul de Minas, além de encontrar os famosos produtos têxteis que ditam moda em todo o País, vale visitar a Igreja Matriz, antiga igreja erguida em homenagem a São Francisco de Paula, que abriga o Museu de Arte Sacra, único museu sacro do Sul de Minas.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

20/01/2018
Trade turístico contrata temporários e intermitentes
Só a Gi Group Brasil fechou 2017 com mais de 5 mil recolocações
20/01/2018
Grutas da Rota Peter Lund ganham nova iluminação
A pré-história de Minas Gerais já pode ser vista sob um novo olhar. As grutas da Rota Lund, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), ganharam novo projeto de...
13/01/2018
12 municípios ganham "portais de entrada"
Convênios, no valor de R$ 360 mil, têm como foco incentivar o turismo, transmitindo boas-vindas a quem chega
13/01/2018
Grupo Rio Quente, controlado pela Algar, conclui aquisição da Costa do Sauípe
O Grupo Rio Quente, que administra o complexo turístico Rio Quente, na cidade de mesmo nome, em Goiás - pertencente à holding Algar, sediada em Uberlândia, no...
06/01/2018
Codemig assume Thermas Antônio Carlos
Expectativa é de que o empreendimento possa ser concedido para exploração pela iniciativa privada
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.