Publicidade
24/08/2017
Login
Entrar

DC Mais

13/05/2017

Campanha visa vacinar 54,2 mi contra a gripe até 26 de maio

Abr
Email
A-   A+
Brasília - O Ministério da Saúde realiza no sábado (13) o chamado Dia D de mobilização contra a gripe em postos de vacinação de todo o País. A expectativa é vacinar 54,2 milhões de pessoas até o dia 26 de maio. Foram adquiridas 60 milhões de doses da vacina, que protege contra os três subtipos do vírus recomendados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para este ano (A H1N1; A H3N2 e B).

A campanha terá 36 mil salas de vacinação e a participação de aproximadamente 240 mil pessoas. Além disso, serão usados mais de 27 mil veículos terrestres, marítimos e fluviais, que possibilitarão a vacinação em populações que vivem em áreas de difícil acesso, como as ribeirinhas e os povos indígenas.

A mobilização é uma parceria do Ministério da Saúde com as secretarias estaduais e municipais de saúde e tem como objetivo reforçar a importância da vacinação do grupo prioritário pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

O público-alvo da campanha de 2017 são crianças de 6 meses até 5 anos; idosos com 60 anos ou mais; trabalhadores de saúde; povos indígenas; gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto); população privada de liberdade; funcionários do sistema prisional, portadores de doenças crônicas não transmissíveis ou com outras condições clínicas especiais, além de professores.

A meta, neste ano, é vacinar 90% desse público até o fim da campanha. De acordo com Ministério da Saúde, a vacina demora pelo menos 15 dias para fazer efeito, por isso a importância da vacinação o quanto antes para evitar o contato com o vírus.

Imunização - Até o momento, 18,4 milhões de brasileiros procuraram os postos de saúde em todo o País. O número representa 36% do público-alvo. Os estados com a maior cobertura vacinal são Paraná (57,6%), Rio Grande do Sul (56,1%), Santa Catarina (53,2%) e Amapá (48,7%). Já os que registraram menor cobertura foram Pará (16,4%), Roraima (17,6%), Piauí (20%), Mato Grosso (23,2%), Rio de Janeiro (24%) e Amazonas (24%).

Entre a população prioritária, os idosos registraram a maior cobertura vacinal, com 9,1 milhões de doses aplicadas, o que representa 43,8% deste público. Os grupos que menos se vacinaram foram os indígenas (18,7%), crianças (26,6%), professores (25,7%) e gestantes (32%).

Doenças crônicas - Os portadores de doenças crônicas não transmissíveis, que inclui pessoas com deficiências específicas, devem apresentar prescrição médica no ato da vacinação. Pacientes cadastrados em programas de controle das doenças crônicas do SUS deverão se dirigir aos postos em que estão registrados para receber a vacina, sem a necessidade de prescrição médica.

A escolha dos grupos segue recomendação da OMS e são priorizados os mais suscetíveis ao agravamento de doenças respiratórias.

O Brasil já registrou, até 6 de maio, 605 casos de influenza em todo o País, com 99 mortes. Do total, 30 foram por gripe A H1N1 e oito evoluíram para morte. Em relação ao vírus influenza A (H3N2), foram registrados 398 casos e 52 mortes. Houve ainda 111 casos e 30 óbitos por influenza B. Os outros 66 casos e nove óbitos foram por influenza A não subtipada.

Em 2016, o Ministério da Saúde registrou 12.174 casos de influenza de todos os tipos no País. Deles, 10.625 foram por influenza A (H1N1), sendo 1.987 óbitos. Em relação ao vírus influenza A (H3N2), foram notificados 49 casos e 10 mortes em 2016.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

24/08/2017
Temer edita decreto que extingue reserva nacional
Brasília - O presidente Michel Temer editou decreto ontem que extingue a Reserva Nacional de Cobre, localizada nos estados do Pará e do Amapá, que havia sido...
24/08/2017
Curtas DC Mais 24/08
Recessão em debate O presidente do Conselho Empresarial de Economia da Associação Comercial e Empresarial de Minas (ACMinas), Mauro Sayar Ferreira – PhD em...
24/08/2017
Agenda Cultural 24/08
Dois na Quinta Música - Um traz influências de serestas, toadas e discos de coco. A outra, uma bagagem carregada pela música afro-brasileira e eletrônica. Natural...
23/08/2017
São Lourenço Coffee Music deve movimentar R$ 2 milhões
São Lourenço, no Sul de Minas, reconhecida por suas riquezas hidrominerais, se transformará, de sexta-feira (25) a domingo (27), na cidade do café, com a...
23/08/2017
Curtas DC Mais 23/08
Brasil e Índia Estão abertas até sexta-feira (25) as inscrições para os “Diálogos Índia Brasil (CEOs meeting), que vão ser...
› últimas notícias
Super Nosso investe R$ 48 milhões em logística
Vendas cresceram 7,5% no 1º semestre
FGTS injetou R$ 10,8 bilhões no comércio
Governo libera saque de R$ 15,9 bilhões do PIS/Pasep
Móveis rústicos: em Passos, setor fatura R$ 15 milhões
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:

Cadastrar
› Mais Lidas
Vodafone Brasil pode instalar um laboratório em Nova Lima
Médico mineiro cria clínica especializada em feridas e transforma a ideia em franquia
Indústria 4.0: as oportunidades de negócio de uma revolução que está em curso
PIB recuou 0,24% no 2º trimestre
Avianca retoma as operações em Confins
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


24 de August de 2017
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.