Publicidade
25/09/2017
Login
Entrar

DC Turismo

17/06/2017

Campo das Vertentes de volta ao circuito

Com área de 3 mil km² e após ficar 8 anos extinto, produto agora será o 46º reconhecido em Minas
Daniela Maciel
Email
A-   A+
Fazem parte do Circuito: Carmo da Mata, Carmópolis de Minas, Cláudio, Itapecerica, Oliveira (foto), Santo Antônio do Amparo e São Francisco de Paula/Taís Marra/Divulgação
Extinto em 2009, o Circuito Turístico Campo das Vertentes voltou a ser reconhecido e certificado pela Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais (Setur) na primeira semana de junho. Reunindo os municípios de Carmo da Mata, Carmópolis de Minas, Cláudio, Itapecerica, Oliveira, Santo Antônio do Amparo e São Francisco de Paula, em uma área de 3 mil quilômetros quadrados e população de cerca de 130 mil habitantes, o Campo das Vertentes passa a ser o 46º Circuito Turístico reconhecido em Minas Gerais.

De acordo com o secretário-executivo do Circuito Campo da Vertentes, João Paulo Martins, o objetivo é trabalhar as potencialidades de cada município, observando a vocação e estrutura de cada um. Atualmente, o motor da economia da região é o agronegócio, com destaque para o café. A expectativa é de que o turismo possa ser, no médio prazo, o segundo ou terceiro setor mais importante da economia.

“Temos em comum a religiosidade e a história que data ainda do período colonial. Um produto que está sendo desenvolvido é a rota de Nossa Senhora do Rosário. Temos irmandades e igrejas dedicadas a essa devoção de grande valor artístico e cultural. Já estamos conversando com a cúria e as irmandades”, destaca Martins.

Outras atrações são as festas como de peão e festivais de inverno e primavera, realizados em várias cidades; o turismo étnico, junto aos antigos quilombos; o turismo de negócios e de experiência, ligados ao café, ao tomate (Carmópolis de Minas) e ao polo de fundição (Cláudio). Também é possível aproveitar o turismo de aventura e de natureza no Lago da Usina de Cajuru, no rio Pará, e nas montanhas que oferecem a típica vegetação do cerrado, com resquícios de mata atlântica. Em Oliveira, o turismo científico, ligado ao filho da terra, também merece destaque.

“Nosso próximo passo é desenvolver o plano municipal de turismo em cada cidade. Já estamos em contato com o Sebrae Minas (Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas - Minas Gerais) para levantarmos os potenciais produtos turísticos e capacitações necessárias”, afirma o secretário-executivo do Circuito Campo das Vertentes.

Cortado pela BR-381, que liga Belo Horizonte a São Paulo, o circuito pensa em captar parte dos 100 mil viajantes que passam pelo trecho diariamente. Todos os municípios têm conexão direta com a Capital por meio de ônibus com vários horários durante o dia. O parque hoteleiro, apesar de simples, comporta o atual fluxo de visitantes.

“Os hotéis costumam ficar cheios nos dias úteis e vazios nos fins de semana. Nosso objetivo é desenvolver produtos e estratégias para manter a ocupação e atrair novos investimentos. Acreditamos no potencial da região e esse é o momento mostramos à população que o turismo pode ser efetivamente uma opção de emprego e renda”, completa o executivo.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

23/09/2017
Morro da Garça desperta para o turismo
Cidade mineira já formatou rotas que misturam natureza, história e literatura
23/09/2017
Semana do Turismo vai do dia 26 a 30
A quarta edição da Semana do Turismo do Sistema Fecomércio MG, Sesc e Senac, com o tema “Comércio e Turismo Viajam Juntos”, pretende discutir a...
23/09/2017
Congonhas quer faturar com turismo
Município tem buscado qualificação e sensibilização de empresários e população em torno da ideia
23/09/2017
Vereadores são contra fechamento do Minascentro
O debate a respeito do fechamento do Minascentro iniciado pela Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (Abih-MG) e demais entidades associadas ao segmento de...
23/09/2017
"Guimarães Rosa" inspira passeios
Morro da Garça, na região Central do Estado, faz parte do Circuito Turístico Guimarães Rosa, junto com as cidades de Araçaí, Buritizeiro, Corinto, Curvelo,...
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.