Publicidade
21/02/2018
Login
Entrar

DC RH

01/09/2017

Cargos estão congelados em 2017, aponta pesquisa

Da Redação
Email
A-   A+
Não é novidade que o brasileiro tem enfrentado desafios com o cenário político e macroeconômico. Nos últimos anos, o profissional viu redução na oferta de trabalho e demissões por corte de custos das empresas se tornarem lugar comum. No entanto, não é só quem quer encontrar um trabalho novo que está enfrentando dificuldade: quem está dentro da empresa e luta por uma promoção também encontra um grande desafio.

A pesquisa Randstad WorkMonitor, realizada trimestralmente pela multinacional de soluções em recursos humanos Randstad, revelou que apenas 7% dos brasileiros receberam algum tipo de promoção no primeiro semestre de 2017, número que representa queda de 6% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Em parte, a retração que se observou no estudo se deve à crise econômica e à instabilidade política. A incerteza vivida no último ano fez com que os empresários reduzissem ainda mais os custos e congelassem o quadro de funcionários, gerando a queda de promoções.

Para o gerente regional da Randstad Professionals, Sócrates Melo, o congelamento na movimentação do quadro de funcionários é reflexo da turbulência enfrentada no último ano. “Depois de um período de retração, como o Brasil enfrentou, as lideranças precisam de um certo tempo para entender que o País já está melhorando. A confiança está crescendo e a tendência é que a movimentação de cargos e salários volte a ficar aquecida”, explica o especialista.

Prova de que essa perspectiva positiva começa a ser observada no ambiente corporativo é a comparação entre a movimentação dos dois primeiros trimestres do ano: enquanto no primeiro trimestre apenas 3% dos brasileiros receberam algum tipo de promoção, o índice cresceu para 5% no período seguinte.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

31/01/2018
RH 3.0 promete mais agilidade para a área
Conceito é uma evolução dos businesses partners (parceiros de negócios) definido no RH 2.0
31/01/2018
Ter diploma já não é diferencial competitivo
“Atualmente, não basta ser somente qualificado, é preciso ser competente”. De acordo com o diretor do Instituto de Neurolinguística Empresarial (Inemp), Marco...
31/01/2018
É possível explorar potencialidades a favor da carreira, diz especialista
De acordo com a consultora em desenvolvimento de pessoas Tânia Zambelli, com mais de 30 anos de carreira e experiência nas áreas de gestão de RH, consultoria...
31/01/2018
Conheça as cinco habilidades mais valorizadas no mercado de trabalho
1. Comunicação: a habilidade de se comunicar bem é a chave para profissionais técnicos trabalharem de forma integrada ao negócio; 2. Trabalho em equipe:...
12/12/2017
Brasileiros dão notas baixas aos líderes
Metade dos empregados acredita que altos chefes têm sincero interesse pelo bem-estar deles
› últimas notícias
Alienação fiduciária será analisada pelo STF
Formação Bruta de Capital Fixo recua 2% em 2017, segundo o Ipea
Desistência em aprovar reforma da Previdência é fator negativo para nota
Produção de ouro da AngloGold cresce 4%
Plano Rota 2030 será anunciado neste mês
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Electric Ink investe R$ 12 mi em Uberaba
Coco Bambu vai desembarcar na Capital e Uberlândia
Mudanças legislativas geram divergências
Governo adia votação de reforma
Foliões movimentaram R$ 641 milhões na Capital
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


21 de fevereiro de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.