Publicidade
21/02/2018
Login
Entrar

DC Turismo

03/02/2018

Cidades históricas preparam folia

Diamantina, Ouro Preto, São João del-Rei e Tiradentes receberam verba de R$ 1 mi
Daniela Maciel
Email
A-   A+
Em São João del-Rei, Carnaval vai até o dia 13; folia vai contar com a participação de 64 blocos e 11 agremiações/Guilherme Quadros/Divulgação
Na busca pelo folião perdido, quatro cidades históricas mineiras famosas, também, pelos seus carnavais alegres e populares, se uniram para atrair patrocínio e retomar lugar de destaque entre as festas mineiras e até nacionais. A iniciativa, capitaneada pela Pulsar Brasil, juntou Diamantina (Vale do Jequitinhonha), Ouro Preto (região Central) e São João del-Rei e Tiradentes (Campo das Vertentes). De acordo com o diretor da Pulsar Brasil, Herbert Salles, o patrocínio realizado pela cervejaria Ambev, por meio da marca Skol, passará de R$ 1 milhão para as quatro cidades.

“Buscamos esses quatro municípios para mostrar que juntos eles poderiam atrair com muito mais facilidade um patrocinador. Com a economia em crise a municipalidade sozinha não consegue bancar a festa, é preciso investimento privado. E esse foi o nosso papel, fazer a intermediação e construir uma programação capaz de fazer com que esses carnavais mantenham sua importância”, explica Salles.

As quatro cidades fazem parte do chamado “Ciclo do Ouro” e ostentam um grande patrimônio artístico e cultural datado principalmente do século 18. A programação valoriza a tradição do Carnaval de rua popular, com blocos e marchinhas, mas não esquece os novos ritmos e abre espaço para artistas de expressão nacional.

Em Ouro Preto, por exemplo, a cidade que recebe cerca de 50 mil visitantes por dia durante a festa, além dos blocos estudantis, impulsionados pela Liga dos Blocos de Carnaval de Ouro Preto, vários artistas de projeção nacional estão confirmados, como: Pabllo Vittar, MC Livinho, Nego do Borel, Molejo, MC Kevinho e Tuca Fernandes. Já em Diamantina, a folia terá início com a apresentação, na quinta-feira, dia 8 de fevereiro, da tradicional banda Bat Caverna e a Bartucada que retornam às ruas da cidade monumento.

Em São João del-Rei o reinado de Momo vai até o dia 13 de fevereiro. Os eventos vão contar com a participação de 64 blocos e 11 agremiações. E em Tiradentes será realizado, com a participação de blocos de rua, shows nacionais, bandas e atrações infantis.

Em Diamantina, festa terá início na quinta-feira, dia 8


“Na década de 1990, o Axé tomou conta do Brasil e o modelo do Carnaval de Salvador - com abadás, corda e camarotes - passou a ser importado pelas cidades do interior de Minas. Passado tanto tempo, esse modelo começou a se esgotar e o ressurgimento do Carnaval de Belo Horizonte, sustentado, justamente, pelo carnaval de blocos, bem familiar, em que cada um faz a própria fantasia, mostrou que o interior estava desprezando, justamente, o que tinha de mais original: o carnaval popular e espontâneo. Agora essa tradição está sendo retomada com sucesso”, avalia o diretor da Pulsar Brasil.

A expectativa é de que o número de turistas cresça cerca de 20% em relação ao Carnaval de 2017 nas cidades, aproximando a taxa de ocupação dos hotéis de 100%. Além do comércio, especialmente o setor de alimentação fora do lar, o setor de serviços deve lucrar bastante no período. Uma exigência comum dos prefeitos é que a contratação de mão de obra e serviços seja prioritariamente local.

“O sucesso do Carnaval da Capital, aliado à crise econômica fez com que muitos foliões deixassem de ir para as cidades históricas e elas custaram a entender os motivos. Agora passou a época de reclamar e focar no que elas têm de original. É importante pensar também que o sucesso dessas cidades transborda os limites municipais, gerando emprego e renda também para moradores das cidades próximas”, destaca o empresário.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

17/02/2018
Tiradentes e Camanducaia no topo do turismo
Cidades assumem categoria "A"
17/02/2018
Aéreas brasileiras transportaram 98,9 mi de pessoas
Brasília - As empresas aéreas brasileiras transportaram, em voos domésticos e internacionais, um total de 98.984.771 passageiros pagos em 2017. O número representa uma...
10/02/2018
Minas Gerais deixou de ser apenas conhecida e passou a ser desejada
Organizar, fomentar, promover e divulgar o turismo em um Estado praticamente do tamanho da França, com atrativos que vão de patrimônios históricos reconhecidos pela...
10/02/2018
Governo do Estado investe para fortalecer gastronomia
O sucesso na arte de cozinhar dos mineiros remonta às suas raízes e história. Os pratos simples das primeiras décadas de povoamento da região das minas foram...
10/02/2018
Mineiraria é vitrine para culinária mineira
A Mineiraria - Casa da Gastronomia e seus estandes e ações são uma vitrine do setor gastronômico em Minas Gerais. Seu carro-chefe um edifício histórico...
› últimas notícias
Alienação fiduciária será analisada pelo STF
Formação Bruta de Capital Fixo recua 2% em 2017, segundo o Ipea
Desistência em aprovar reforma da Previdência é fator negativo para nota
Produção de ouro da AngloGold cresce 4%
Plano Rota 2030 será anunciado neste mês
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Electric Ink investe R$ 12 mi em Uberaba
Empresas tradicionais se rendem à cultura das startups
Coco Bambu vai desembarcar na Capital e Uberlândia
Mudanças legislativas geram divergências
Governo adia votação de reforma
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


21 de fevereiro de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.