Publicidade
22/11/2017
Login
Entrar

Economia

14/10/2017

Combate à poluição pode reduzir importações

Reuters
Email
A-   A+
Pequim - As fábricas chinesas compraram muitas commodities importadas no mês passado, em meio a custos crescentes e fornecimento mais apertado de matérias-primas na segunda maior economia do mundo, impulsionados pela campanha antipoluição de Pequim. Mas a força na demanda de importação provavelmente não será sustentada nos próximos meses, já que muitas dessas empresas limitam a produção...

Exclusivo para assinantes.


Para ler esta e outras matérias, cadastre-se gratuitamente ou assine.

Ler 5 matérias por mês

     

Receber nossas newsletters



Assinar
Cadastrar

Ou faça login

Leia também

22/11/2017
Vetor Norte se une por aeroporto de Confins
Prefeitos de 13 municípios da RMBH buscarão apoio em Brasília contra voos de grande porte na Pampulha
22/11/2017
Com bons resultados no terceiro trimestre, Embraer antecipa o fim de acordo de layoff
São Paulo - A Embraer antecipou o fim do acordo de layoff - suspensão temporária de contratos de trabalho de funcionários - na fábrica em São José...
22/11/2017
PIB brasileiro pode crescer entre 3% e 4% em 2018, projeta presidente do BNDES
São Paulo - O crescimento da economia brasileira deve superar 3% e, possivelmente, beirar 4% em 2018, disse ontem o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social...
22/11/2017
Mercado de condomínios está aquecido
Taxa de vacância destes empreendimentos em Minas Gerais caiu de 24,4% para 23,8% no terceiro trimestre
22/11/2017
Arcelor rebate instituto e aponta sinergias
São Paulo - A ArcelorMittal rebateu críticas feitas ontem pelo Instituto Nacional das Empresas de Sucata de Ferro e Aço (Inesfa) sobre a compra da Votorantim Siderurgia em...
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.