Publicidade
25/07/2017
Login
Entrar

DMEP - Cegueira das Organizações

21/03/2017

Como transformar uma média empresa em um grande negócio - Parte 3

Flávio de Aguiar Araújo*
Email
A-   A+
Nos dois primeiros artigos desta série, publicados em 05/12/2016 e 23/01/2017, discutimos que conhecer o mercado é o primeiro passo para transformar a média empresa em um grande negócio pois é o que permitirá medir o potencial e identificar as oportunidades de crescimento.

Neste artigo vamos expandir esta discussão para as situações onde as empresas já não visualizam mais potencial de crescimento com seus produtos nos mercados em que atuam.

Nestas circunstâncias, avaliar o potencial e as oportunidades de crescimento através de pesquisas e análises de mercado continua sendo o primeiro passo. Estas pesquisas ajudam a definir a estratégia de produto e mercado que deve responder se o melhor é desenvolver novos produtos para o mercado atual, desenvolver novos mercados para os produtos atuais ou uma combinação de ambos.

Ao definir a estratégia de produto e mercado, também será importante avaliar qual estratégia de investimento será utilizada. Crescimento através de fusões e aquisições ou crescimento fundamentado só na capacidade da própria empresa de expandir? Esta não é uma análise simples, especialmente para médias empresas que nunca vivenciaram um processo de fusão ou aquisição, mais comum entre grandes corporações.

Uma vez definidos estratégia de produto e mercado e estratégia de investimento, será a hora de determinar a estratégia de financiamento que muitos chamam de funding. O funding deve dizer como serão financiados os investimentos. Através de recursos próprios, mecanismos de dívida, private placement, através de trocas de ações? Diferente das grandes corporações também é provável que parte significativa das médias empresas não esteja acostumada a mecanismos de financiamentos um pouco mais sofisticados como emissão de debentures ou mesmo private placement (venda de participação a um número relativamente pequeno de investidores selecionados como uma forma de levantar capital).

Não é incomum identificar empresas que fizeram movimentos de desenvolvimento de novos produtos e mercados corretamente, mas erraram na estratégia de funding.

Também encontramos empresas que visualizam oportunidades de fusão e aquisição mas sem uma estrutura adequada de financiamento, ou mesmo empresas que decidiram fazer investimento em novas plantas industriais e em desenvolvimento de novos mercados onde uma estratégia de aquisição ou fusão poderia resultar em melhor desempenho.

Por fim destaco que com amplo conhecimento do mercado e uma combinação adequada de estratégias de produto e mercado, de investimento e de financiamento, será possível enxergar o caminho de crescimento de maneira adequada e sustentável. Quando estas estratégias estão alinhadas os riscos são reduzidos e aumenta a probabilidade de sucesso.

*Sócio-diretor da DMEP

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

25/07/2017
Análise de dados auxiliando no planejamento financeiro
As mudanças no ambiente de negócios, na necessidade de planejamentos mais dinâmicos e orçamentos mais controláveis exigem uma transformação da...
18/07/2017
O problema e a solução sintética
Como gerente de projetos atuante em uma organização que apoia iniciativas inovadoras de diversas naturezas (estudos, projetos e ações), enfrento na rotina a...
11/07/2017
A difícil tarefa de mudar uma organização
A mudança de uma empresa está dentro de você! Quem nunca ouviu isso? Será que isso é verdade? É simples assim? Não! Você não...
05/07/2017
O boom das startups: estruturas de suporte às startups - parte 3
A discussão sobre o tema startups não fica mais restrito aos ambientes dos jovens empreendedores de tecnologia. As médias e grandes empresas passam a tratar o tema como uma...
27/06/2017
Tecnologia e impactos nas empresas tradicionais
No ensaio publicado em 18 de abril de 2017, intitulado “Tecnologia - A sua empresa está preparada para lidar com o futuro?”, procurei abordar de maneira mais ampla as...
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.