Publicidade
12/12/2017
Login
Entrar

DC Turismo

18/11/2017

Conceição do Mato Dentro busca reaver título de "capital mineira do ecoturismo"

Daniela Maciel
Email
A-   A+
Cachoeira Rabo de Cavalo, 120 metros de queda livre/Divulgação
Conceição do Mato Dentro, na região Central, surgiu a partir de um povoado no início do século 18, e é um dos mais antigos assentamentos urbanos de Minas Gerais. As belezas naturais da região, que se estendem pela vertente oriental da Serra do Cipó, na Cordilheira do Espinhaço e integram o Circuito Estrada Real e o Circuito Serra do Cipó, são famosas desde aquela época.

A cidade é dona de um patrimônio natural singular, manifestado nos raros ecossistemas que compõem a Serra do Espinhaço. Essa condição foi declarada como reserva da Biosfera, pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), em 2005. Entre os atrativos naturais mais visitados, está a Cachoeira do Tabuleiro - a mais alta de Minas Gerais e a terceira do Brasil -, com 273 metros de queda livre. Em 2012, foi eleita, com mais de 40 mil votos, uma das “Sete Maravilhas da Estrada Real”. O concurso foi realizado pelo Instituto Estrada Real, ligado à Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg).

De acordo com a secretária Municipal de Turismo e Cultura de Conceição do Mato Dentro, Rejane Ottoni Santa Bárbara, esse patrimônio foi responsável por dar à cidade o título de “capital mineira do ecoturismo”. O tempo, porém, não contribuiu para o fortalecimento desse título. “Tenho certeza que vamos voltar a ostentar esse título com muito orgulho.

Estamos terminando a trilha ecológica unificando as cachoeiras Rabo de Cavalo e Tabuleiro. Agora o caminho poderá ser feito por trilhas sinalizadas, com infraestrutura. Antes o trajeto tinha que ser feito de carro. Também a rota das Cachoeiras, com 10 delas, na Serra do Intendente. E vai entrar em fase de licitação a trilha que sai do Centro - Cruzeiro da Forca, levanto até o alto da Serra do Ferrugem e a pista de voo livre, com 7,5 quilômetros de caminhos com infraestrutura”, enumera Rejane Santa Bárbara.

Algumas rotas também estão sendo estruturadas, como a “Rota do Queijo”, que vai levar o turista para ter vivências junto aos produtores artesanais instalados na região e a “Rota de Saint’Hilaire”, que vai percorrer os caminhos do biólogo francês que percorreu Minas Gerais e estudou a natureza do município no século 19.

Segundo o presidente do Conselho Municipal de Turismo de Conceição do Mato Dentro, Geraldo Afonso Costa Lima, a notícia do asfaltamento dos últimos 23 quilômetros que ligam Conceição do Mato Dentro ao município do Serro, na região Central, também é comemorada como uma conquista pelo trade.

“Estamos em uma área com muita influência do Serro e de Diamantina (Vale do Jequitinhonha). Facilitar o acesso entre Serro e Conceição é muito importante para nós. O Serro é um destino turístico importante para o Estado e agora as pessoas terão mais comodidade para conhecer também os encantos da nossa cidade”, destaca Lima.

Conceição do Mato Dentro está 167 quilômetros de Belo Horizonte. O acesso é feito pela rodovia MG-10, com duração aproximadamente de 2h50min de viagem. Para quem prefere o transporte coletivo, a opção é usar a linha oferecida pela Viação Serro com saída da Capital, em vários horários durante o dia. Uma das vantagens oferecidas pela cidade é a proximidade do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, também na RMBH.

A distância é de 130 quilômetros, o caminho também é feito pela MG-10. Uma outra maneira é se deslocar à rodoviária de Belo Horizonte para lá pegar o ônibus. Outra opção, mais rápida, é ir até o terminal rodoviário de Lagoa Santa (RMBH) e embarcar no ônibus já a caminho para Conceição do Mato Dentro.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

02/12/2017
Cervejas artesanais terão selo de qualidade
A partir de janeiro, as 13 microcervejarias instaladas em Nova Lima poderão solicitar a análise de seu produto
02/12/2017
Ibis Styles, da Accor, chega a Teófilo Otoni
Teófilo Otoni, no Vale do Mucuri, vai ganhar a primeira unidade da bandeira Ibis Styles, da administradora francesa Accor Hotels , no primeiro trimestre do ano que vem. O empreendimento,...
02/12/2017
Faturamento das empresas do turismo cresce 4,3%
A “leve reação” da economia foi um dos fatores determinantes para o aumento de 4,3% no faturamento médio das empresas do setor de turismo no terceiro trimestre do...
18/11/2017
Fasano chega à Capital em 2018
Empreendimento terá 78 quartos e vai contar também com o restaurante Gero
18/11/2017
Nova Lima realizou Circuito do Turismo Empreendedor
A cadeia produtiva do turismo de Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), viveu uma semana agitada com a realização do Circuito do Turismo Empreendedor,...
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.