Publicidade
20/01/2018
Login
Entrar

Economia

13/01/2018

Confiança sobe ao patamar de 2015

Reuters
Email
A-   A+
São Paulo - A confiança do consumidor do Brasil subiu pelo segundo mês consecutivo e fechou janeiro no maior patamar em quase três anos, com a forte melhora na percepção das condições atuais, de acordo com o indicador da Thomson Reuters/Ipsos.

O Índice Primário de Sentimento do Consumidor (PCSI, na sigla em inglês) avançou 4,5 pontos percentuais na comparação com dezembro e foi a 45,6 pontos. Trata-se do maior nível desde fevereiro de 2015, quando ficou em 45,8 pontos.

Com aumento de 8,2 pontos, o subíndice que mede as condições atuais, que mede as finanças pessoais, chegou a 39,4 pontos em janeiro na comparação com o mês anterior. Com alta de 7,3 pontos, a 48,6 pontos, o subíndice de percepção sobre o ambiente de investimentos teve o segundo maior crescimento no período.

O subíndice de confiança relacionado ao mercado de trabalho, que avalia segurança no emprego atual e no futuro, subiu 3,3 pontos percentuais, marcando 36 pontos em janeiro.
O subíndice de expectativas foi o único a ficar estável, em 63,5 pontos, neste mês.
A inflação e os juros menores, junto com a lenta recuperação do mercado de trabalho no País, tem ajudado a melhorar a confiança dos consumidores.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

20/01/2018
Empresário mineiro segue mais confiante
Em janeiro, o Icei-MG chegou a 50,7 pontos, o melhor resultado para o mês nos últimos sete anos
20/01/2018
Montadoras reivindicam créditos tributários
Brasília - Com o fim do Inovar Auto em dezembro e sem definição do novo programa automotivo, chamado de Rota 2030, as empresas de automóveis tentam que os...
20/01/2018
Índice de investimentos de empresas caiu 0,7% em novembro ante outubro
Brasília - O indicador de Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF), divulgado na sexta-feira, 19, pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), sofreu uma queda de...
20/01/2018
Faturamento recua no interior de Minas
Quatro regionais apresentaram queda na receita em novembro, conforme levantamento da Fiemg
20/01/2018
Exportações mineiras devem continuar em alta em 2018
Especialistas estimam aumento de 7%
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.