22/06/2018
Login
Entrar

Economia

25/05/2018

Copasa deve emitir debêntures no valor de R$ 700 milhões

Conselho de Administração já aprovou operação
Leonardo Francia
Email
A-   A+
Só neste ano a concessionária de Minas vai aportar R$ 690 milhões/Ortenge/Divulgação
A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) deve realizar nova operação para se capitalizar. Desta vez, a companhia deve fazer uma emissão pública de debêntures para levantar cerca de R$ 700 milhões. A data da operação ainda não foi definida, mas a emissão, que pode ser a 13ª deste tipo da concessionária, já foi submetida e aprovada pelo Conselho de Administração.

Na ata da reunião do Conselho de Administração da Copasa, realizada na última terça-feira, e divulgada por meio da Bolsa de Valores de São Paulo (B3), consta que serão emitidas, em até três séries, para distribuição pública, até 700 mil debêntures simples, não conversíveis em ações. O valor unitário será de R$ 1 mil, podendo chegar ao total de R$ 700 milhões na operação.

No mesmo documento, os conselheiros da Copasa também deliberaram e autorizaram a contratação dos prestadores de serviços necessários para estruturação e manutenção da operação e concretização da oferta, como coordenadores, agente fiduciário, banco liquidante e escriturador mandatário das debêntures, além dos assessores legais.

Não é a primeira operação de crédito da Copasa neste ano. Antes, em fevereiro, os acionistas da companhia aprovaram, por unanimidade, a contratação de empréstimo de longo prazo de R$ 595,5 milhões no âmbito da Instrução Normativa nº 29, de 11 de julho de 2017, do Ministério das Cidades. Os recursos, neste caso, serão investidos na implantação e ampliação de sistemas de abastecimento de água e de esgotamento sanitário em diversos municípios de atuação da concessionária.

Esgotamentos - Em janeiro, a companhia concluiu outra emissão de debêntures, quando levantou R$ 268 milhões. Na época, a Copasa informou que os recursos desta operação seriam destinados à ampliação dos sistemas de esgotamentos sanitários dos municípios de Divinópolis (Centro-Oeste) e Sabará, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH).

Todas estas ações dão base para a Copasa cumprir seu Plano Plurianual de Investimentos. A companhia deve investir R$ 3,650 bilhões entre 2018 e 2022, considerando também aportes da Copasa Serviços de Saneamento Integrado do Norte e Nordeste de Minas Gerais (Copanor).

Só para este ano, a concessionária de água e esgoto de Minas vai aportar R$ 690 milhões. A previsão de investimentos para 2019 é de R$ 550 milhões; para 2020, R$ 700 milhões; 2021, R$ 750 milhões; e 2022 outros R$ 800 milhões. Os valores consideram R$ 40 milhões por ano durante o quinquênio em aportes da Copanor. Os investimentos contemplam tanto os serviços de abastecimento de água quanto os sistemas de esgoto sanitário.

Publicidade

Aproveite! Assine o DC e tenha notícias exclusivas

Leia também

22/06/2018
Minas apura alta de 1,4% no primeiro trimestre
Resultado, em relação ao mesmo período de 2017, é atribuído à modesta recuperação do consumo
22/06/2018
Operação financeira depende do Judiciário
O Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCEMG) adiou a decisão sobre a proibição de operação financeira pretendida pelo governo de Minas, de lançar...
22/06/2018
Lucro das cinco maiores cresce 44,8% frente a 2017
Brasília - Os cinco maiores grupos das empresas estatais, composto por Petrobras, Eletrobras, BNDES, Banco do Brasil e Caixa, tiveram lucro de R$ 15,1 bilhões no primeiro trimestre...
22/06/2018
Ocupação frequente do Expominas beneficia hotéis do Oeste de BH
Com a reforma do Minascentro, eventos vão para a Gameleira
22/06/2018
União programa realizar em novembro megaleilão de áreas para exploração do pré-sal
São Paulo/Brasília - O governo federal já prevê realizar no fim de novembro um megaleilão de áreas para exploração de petróleo no...
› últimas notícias
Minas apura alta de 1,4% no primeiro trimestre
Operação financeira depende do Judiciário
Lucro das cinco maiores cresce 44,8% frente a 2017
Ocupação frequente do Expominas beneficia hotéis do Oeste de BH
União programa realizar em novembro megaleilão de áreas para exploração do pré-sal
Leia mais notícias ›
› Newsletter
O melhor conteúdo exclusivo e gratuito no seu e-mail:




Cadastrar
› Mais Lidas
Leia todas as notícias ›
Publicidade
› Assine o DC

Acesso completo

aos conteúdos online e versão impressa.
Único jornal especializado em Economia, Negócios e Gestão de Minas Gerais.
Ferramenta indispensável para fazer bons negócios.
› Edição Impressa


22 de junho de 2018
Conteúdo exclusivo para assinantes
› DC no Facebook
 
© Diário do Comércio. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.